0

Alemão confirma desempenho e leva ouro em Vancouver

14 fev 2010
22h51
atualizado às 23h59
Anderson Giorge
Direto de Whistler

Líder desde a primeira descida, o alemão Felix Loch confirmou a supremacia e conquistou a medalha de ouro no luge individual masculino dos Jogos de Inverno de Vancouver. Com o tempo de 3min13s085, Loch superou o alemão David Moeller (3min13s764) e o italiano Armin Zoeggeler (3min14s375), que terminaram com a prata e o bronze.

Após a confirmação, a dupla alemã vibrou bastante a dobradinha. Com uma bandeira do país nas mãos, foram saudados pela torcida que compareceu ao Whistler Slider Center. "Foi inacreditável. Nem posso acreditar. É inacreditável mesmo, sair daqui com esse ouro olímpico", disse Loch, visivelmente eufórico com a conquista.

Loch foi o último a descer na quarta etapa da prova, neste domingo, mas afirmou que não ficou nervoso por conta disso. "Não foi um problema me acalmar. Só tive que relaxar e me concentrar para fazer uma boa descida", completou o alemão.

Além disso, a torcida também vibrou bastante com a vitória do italiano Armin Zoeggeler sobre o russo Albert Demstschenko, que terminou em quarto, com 3min14s405. Além de pentacampeão mundial, o italiano era o atual bicampeão da prova e tinha também outras duas medalhas olímpicas, uma de prata e outra de bronze.

Clima de festa e homenagens

Momentos antes do início da última volta do luge, que definiu os medalhistas da modalidade, o evento foi marcado por uma homenagem ao georgiano Nodar Kumaritashvili, que morreu após bater em uma haste quando treinava para os Jogos Olímpicos.

Porém, nem só de lembranças foi feita a última volta do luge nos Jogos Olímpicos de Vancouver. Antes de os competidores irem ao gelo para definir o pódio, o sistema de som em Whistler tocou música variadas, de hip hop ao tema do filme Star Wars. Tudo para animar a torcida, que já estava acesa.

Os torcedores americanos, sempre munidos de hot dogs nas mãos, eram os mais animados, mesmo sem ter qualquer conterrâneo brigando por medalha. As bandeiras alemãs também marcaram presença, afinal Felix Loch estava bem perto de ser ouro.

Já a torcida canadense fazia a festa quando um de seus atletas ia para a pista e completava o clima de festa que dominava o Whistler Slider Center.

Atleta diz que luge não tem equipamento de segurança
Fonte: Terra
publicidade