0

América-MG vence quarta seguida, mas perde chance de ser líder

1 mar 2012
00h43

O pequeno público que compareceu nesta quarta-feira, na Arena do Jacaré, acompanhou um jogo de muito equilíbrio entre América-MG e Villa Nova. O duelo, um dos mais tradicionais de Minas Gerais, terminou com a vitória do América-MG por 2 a 1, que chega aos 12 pontos na classificação e soma o quarto triunfo seguido no Estadual, feito que não ocorria desde 1973 no Mineiro. Alex Santos marcou para o Villa, enquanto Bryan e Kaká viraram o jogo para os americanos.

O América-MG precisava vencer por dois gols de diferença para assumir a ponta da tabela, mas com o resultado, o time de Givanildo iguala a pontuação do Atlético-MG, porém, perde nos critérios de desempate. O Coelho terá nova chance de ser líder no clássico contra o Atlético-MG no final de semana. Já o Villa Nova termina a rodada com sete pontos, na quarta colocação.

Na sequência do Campeonato Mineiro, o América-MG terá o clássico contra o Atlético-MG, marcado para o próximo domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Já o Villa Nova teria jogo contra o Tupi, mas a partida foi remarcada e o Leão do Bonfim volta a campo somente no dia 11 de março, duelo contra o Cruzeiro, fora de casa.

O jogo

O torcedor americano que compareceu na Arena do Jacaré, e que esperava o time buscando o gol desde o início, viu a equipe do América-MG com muitas dificuldades para fugir da forte marcação imposta pelo Villa Nova nos primeiros minutos da partida. Além da defesa bem postada, o time mostrou poder ofensivo com os laterais, que apoiaram bastante.

Diante deste cenário, o equilíbrio marcou o jogo, que apresentou um número reduzido de finalizações. Ao contrário dos visitantes, o América apostou nas jogadas pelo meio, deixando os laterais com a função de ajudar os zagueiros. A exceção foi os arremessos manuais de Rodrigo Heffner, que sempre que tinha oportunidade alçava as bolas diretamente dentro da área do Villa Nova.

O primeiro chute a gol com relativo perigo, só surgiu aos 20min, quando Luciano arriscou arremate para o gol sem ângulo, obrigando o goleiro Elisson a mandar para escanteio. O lance parece ter acordado o Villa Nova, que deu a resposta no minuto seguinte com Francismar, que em chute cruzado assustou Neneca.

Aos 27min, a zaga do Villa Nova falhou e o avante Adeílson teve uma chance clara de marcar, mas livre na cara do gol, mandou sobre o travessão, no momento de maior perigo da primeira etapa. O time de Nova Lima ainda tentou chegar com chutes de média e longa distância, mas que não surtiram o efeito desejado.

Logo na volta para os segundo tempo, o Villa Nova mudou o panorama da partida com o lateral-direito Alex Santos, que com a perna canhota acertou um belo chute de fora da área para marcar para os visitantes. O gol do Villa obrigou o América-MG a sair para o jogo, dando espaços para o contra-ataque do time de Nova Lima.

Aos 15min, Eliandro soltou um petardo da entrada da área, a bola explodiu nas mãos do goleiro Neneca, em um bom momento do Villa Nova, que passou a explorar o nervosismo do América-MG. Precisando do gol de empate, o América tentou de todas as formas, chegando ao ataque de forma desnorteada em algumas ocasiões.

Quando conseguiu trabalhar a posse de bola com qualidade, o América-MG voltou a levar perigo. Aos 27min, depois de boa trama do ataque, o jovem Kaio concluiu a jogada, mas errou o alvo. Aos 35min, em jogada individual do lateral-esquerdo Bryan, que driblou a defesa dos visitantes, o time americano conseguiu chegar ao empate.

O América ainda teve forças para chegar à virada com os garotos das categorias de base. Aos 40, Kaká fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Kaio, que só teve o trabalho de empurrar para redes para virar o jogo na Arena do Jacaré e levar o torcedor americano à loucura nas arquibancadas.

O atacante André foi o destaque do Atlético-MG na vitória diante do Guarani, de Divinópolis; camisa 9 fez três gols na goleada por 4 a 0, neste domingo
O atacante André foi o destaque do Atlético-MG na vitória diante do Guarani, de Divinópolis; camisa 9 fez três gols na goleada por 4 a 0, neste domingo
Foto: Carlos Roberto/Hoje em Dia / Gazeta Press
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade