7 eventos ao vivo

Araxá estreia na elite do futebol de MG vencendo América-MG

2 fev 2013
19h04
atualizado às 19h40
  • separator
  • 0
  • comentários

O Araxá estreou com o pé direito na elite do futebol mineiro após mais de 20 anos afastado. O clube Alto Paranaíba não tomou conhecimento do América-MG e venceu a equipe de Belo Horizonte por 2 a 1 no Estádio Fausto Alvim. O experiente Fabrício Carvalho abriu o placar, mas os donos da casa cederam o empate com Fábio Júnior. No segundo tempo, Thiago Marin garantiu a vitória.

Após um início de jogo equilibrado, o Araxá conseguiu tocar a bola com mais qualidade e exerceu uma marcação eficiente em cima das principais peças do América-MG, o que deixou os americanos irritados em vários momentos do jogo. No final da primeira etapa, os americanos chegaram ao empate e um dos poucos momentos de vacilo defensivos dos donos da casa, mas o time da casa teve forças para buscar o resultado positivo no segundo tempo.

Na sequência do Campeonato Mineiro, o América-MG vai receber o Boa Esporte no Estádio Independência, jogo marcado para o dia 16 de fevereiro. Já o Araxá, terá compromisso contra o Atlético-MG, segundo jogo seguido contra equipes da capital. O duelo Atlético-MG x Araxá também será no Independência, dia 17 de fevereiro.

Atuando em casa, o Araxá iniciou a partida a todo o vapor e, logo aos 4min quase inaugurou o placar após grande jogada pela direita, que terminou com a finalização passando muito perto da trave do goleiro Neneca. Aos poucos, o América-MG começou a sair do campo de defesa e equilibrou as ações.

Contando com o apoio da torcida, que lotou o Estádio Fausto Alvim, o Araxá não se intimidou, e aos 9min conseguiu chegar ao gol com o artilheiro Fabrício Carvalho, que aproveitou uma dividida de bola dentro da área e fuzilou a meta americana, abrindo o marcador no Alto Paranaíba. Mesmo com o gol anotado pelo Araxá, a partida continuou equilibrada, com o meia Rodriguinho tentando armar as jogadas pela equipe visitante.

Sem conseguir chegar ao gol da igualdade, o América-MG começou a aparentar nervosismo e algumas falhas de posicionamento na partida, permitindo ao time da casa criar boas jogadas ofensivas para dilatar o placar. Com a marcação eficiente, o Araxá dificultou ao máximo a saída de bola do América, que tentou a ligação direta da defesa para o ataque, sem muito sucesso.

Percebendo os problemas da equipe, o técnico Vinícius Eutrópio procurou tranquilizar os comandados, pedindo aos jogadores que tocassem a bola. No final do primeiro tempo, o América-MG conseguiu agredir o Ganso, e chegou ao empate com o avante Fábio Júnior, que apareceu livre dentro área para desviar cruzamento de Felipe e deixar tudo igual no marcador.

Na volta para a etapa complementar o panorama do jogo apresentou poucas variações, ou seja, o Araxá mais efetivo no campo de ataque, criando as principais chances de marcar, e o América-MG com os mesmos erros dos 45 minutos iniciais. Aos 14min, Bruno Matavelli arriscou um arremate de longa distância que obrigou o goleiro Neneca a esticar todo para evitar o gol.

Um minuto depois, Thiago Marin quase anotou um gol de placa, com um toque por cobertura, que caprichosamente acertou a trave. O América-MG só conseguiu chegar com real perigo aos 21min, com o volante Doriva, que aproveitou rebote da defesa e mandou uma bomba contra a meta de Marcelo Cruz, que fez a defesa, mas não conseguiu segurar firme.

Aos 32min, depois de bola alçada para a área, o goleiro Neneca conseguiu aliviar o perigo, mas no rebote, apareceu Thiago Marin, que não perdoou e estufou as redes, recolocando o Araxá em vantagem e levando a torcida à loucura no Fausto Alvim. O América-MG ainda tentou chegar ao empate, mas o Araxá resistiu e comemorou os três primeiros pontos no Mineiro.

Outros jogos

A primeira rodada do Campeonato Mineiro teve neste sábado a estreia do Boa Esporte, que jogando em Varginha venceu o Nacional por 2 a 1. Atuando em Sete Lagoas, na Arena do Jacaré, o Villa Nova empatou em 1 a 1 com o Tupi. Ainda neste sábado, a Caldense vai receber o Guarani, no Estádio Ronaldão.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade