0

Após bronze inédito, brasileiro volta a fazer história com ouro no Mundial

1 set 2013
16h50
atualizado às 17h06

Um dia após conquistar o bronze no C1 1000m e tornar-se o primeiro brasileiro a subir ao pódio de um Campeonato Mundial de canoagem, Isaquias Queiroz voltou a fazer história em Duisburg, na Alemanha.

Neste domingo, o atleta conquistou o título do C1 500m, prova não olímpica, ao cruzar a linha de chegada em 1min50s940. O pódio contou ainda com o uzbeque Vadim Menkov (1min51s939) e o alemão Erik Leue (1min53s032).

"Estava muito confiante para a prova. Estava com um tempo muito bom e sabia que poderia conquistar o ouro", relata Isaquias. Nesta temporada, o jovem de 19 anos conquistou dois ouros no Campeonato Sul-americano, dois ouros no Festival Olímpico Australiano da Juventude, um ouro e uma prata na Copa do Mundo na Polônia e agora mais um ouro e um bronze no Mundial na Alemanha.

"Isaquias é um grande talento da canoagem e tem tudo para conquistar uma medalha nos Jogos Olímpicos do Rio 2016", analisa Heros Ferreira, técnico principal da Seleção Brasileira de Canoagem Velocidade.

No C1 200m masculino, Nilvater Santos ficou em quinto lugar, com 39s207. Já Erlon Souza e Ronilson Oliveira foram os oitavos na decisão do C2 200m, com 37s799. Enquanto isso, Celso Oliveira anotou 20min20s291 e terminou em oitavo no K1 5000m.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade