0

Técnico deixará Argentina após final da Copa, diz empresário

11 jul 2014
14h50
atualizado às 16h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Técnico da arquirrival da Seleção Brasileira e finalista da Copa do Mundo no Brasil, o argentino Alejandro Sabella não deverá continuar no comando da equipe após soar o apito final da grande decisão entre Argentina e Alemanha, domingo, no Maracanã. Pelo menos foi o que disse o seu empresário, Eugenio López, em entrevista ao jornal esportivo Olé.

<p>Técnico argentino Alejandro Sabella durante partida contra Holanda</p>
Técnico argentino Alejandro Sabella durante partida contra Holanda
Foto: Dominic Ebenbichler / Reuters

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Ele vai embora, não importa o que acontecer no domingo. Campeão ou não, o ciclo dele na seleção acabou. É isso que eu acredito. Ele pode até mudar de opinião, mas agora eu não creio nisso", afirmou López.

O representante de Sabella ainda explicou que pelos dirigentes da Associação de Futebol Argentino (AFA), o treinador daria continuidade em seus trabalhos na seleção, porém não é essa a ideia do comandante.

"A ideia do Alejandro (Sabella), em todo o caso, será diferente dos dirigentes. Os ciclos acabam. Ele sempre pensou em acabar o Mundial e se despedir do grupo", finalizou o empresário.

Alejandro Sabella também foi jogador. Começou no River Plate, depois atuou nos ingleses Sheffield United e Leeds United. Voltou para seu país natal, onde vestiu a camisa do Estudiantes e nos anos de 1986 e 1987 jogou no Brasil, pelo Grêmio. Como técnico, Sabella se destacou no Estudiantes, onde foi campeão da Copa Libertadores, em 2009, contra o Cruzeiro.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade