1 evento ao vivo

Astro do rúgbi diz que "abriu portas" para esportistas gays

4 mai 2010
09h56

Um dos maiores jogadores de rúgbi da história do País de Gales, Gareth Thomas causou um rebuliço ao assumir publicamente ser gay em dezembro passado. Menos de seis meses depois, o astro se define "satisfeito", considerando ter aberto as portas para que outros esportistas também divulguem sua homossexualidade.

Antes do anúncio de Thomas, 35 anos, ninguém desconfiava qual era a verdadeira opção sexual do jogador, de 1,92 m e 101 kg. O galês, que até 2007 era casado com uma mulher, Jemma, vive muito feliz desde que tomou a polêmica decisão, tornando-se o primeiro atleta de rúgbi em atividade a ter dito ser gay.

Nesta terça-feira, em entrevista publicada pelo diário inglês The Guardian, o homem que mais defendeu a seleção de seu país em toda a história entrou mais a fundo no assunto. Pioneiro, ele acredita que agora será muito mais fácil para que outros esportistas também assumam a homossexualidade sem sofrer tanto preconceito.

Na ótica de Thomas, o raciocínio vale ainda para outras pessoas famosas, sendo que ele cita ainda o cantor porto-riquenho Ricky Martin, que no fim de março anunciou que é gay em seu site oficial.

Jogador que mais vestiu a camisa do País de Gales, Gareth Thomas assumiu homossexualidade em dezembro
Jogador que mais vestiu a camisa do País de Gales, Gareth Thomas assumiu homossexualidade em dezembro
Foto: Getty Images
Fonte: Redação Terra
publicidade