0

Atletas vivem noite de gala no Theatro Municipal do Rio

19 dez 2011
23h22
Luís Bulcão
Direto do Rio de Janeiro

Calções e camisetas, vestimenta costumeira para a turma que transpira em busca de medalhas para o Brasil, foram deixados no armário. Esta segunda-feira foi noite de vestidos e ternos para Maurren Maggi, Fabiana Beltrame, Fabiana Murer, César Cielo e outros 44 esportistas que receberam o Prêmio Brasil Olímpico 2011, concedido pelo COB para o melhor atleta do ano em cada modalidade.

» Veja conquistas amorosas dos atletas que podem brilhar em Londres
» Confira os brasileiros que já garantiram vaga nos Jogos de Londres

Nos intervalos da premiação, apresentações de música e dança contaram a trajetória do atleta brasileiro até o ano olímpico - começando por Pequim, palco das última edição dos Jogos Olímpicos em 2008, passando por Lisboa, onde ocorreram os jogos da Lusofonia em 2009, por Medelin, que recebeu os IX Jogos Sul-Americanos, e Guadalajara, sede dos Jogos Pan-Americanos de 2011.

A última apresentação, liderada por Zélia Duncan, que cantou um pout-pourri de Beatles com Here Comes the Sun e I Wanna Hold Your Hand, aterrissou em Londres, sede da Olimpíada de 2012.

Além dos atletas, receberam homenagens os técnicos Rubén Magnano, que levou o basquete masculino brasileiro de volta aos Jogos Olímpicos, e Rosicleia Campos, a "Tia Rosi", que comanda a Seleção olímpica de judô. Bernard Rajzman, ex-jogador de vôlei, integrante da Seleção prata em Los Angeles (1984) e inventor do saque "jornada nas estrelas", foi homenageado com o troféu Adhemar Ferreira.

Após a cerimônia, visivelmente emocionado, Bernard - que será Chefe da Missão Brasileira em Londres - disse que não lamenta não ter alcançado o ouro em 1984. "No Brasil, temos o costume de valorizar só o campeão. Mas não é assim. Há muitos competindo e às vezes não se consegue atingir o grande objetivo. Manter a intenção do título é muito difícil e o vôlei do Brasil hoje está lá sempre entre os primeiros", afirmou.

Cielo e Murer ficaram com o grande prêmio da noite, melhor atleta masculino e feminino, eleitos por voto na internet após seleção de atletas feita por um colégio de eleitores compostos por jornalistas, técnicos dirigentes e ex-atletas.

Prêmio Brasil Olímpico promoveu troca de uniformes por trajes de gala no Rio
Prêmio Brasil Olímpico promoveu troca de uniformes por trajes de gala no Rio
Foto: Satiro Sodré/Agif / Gazeta Press
Fonte: Bulcão e Tresdê Assessoria e Comunicação Ltda - Especial para o Terra Bulcão e Tresdê Assessoria e Comunicação Ltda - Especial para o Terra
publicidade