2 eventos ao vivo

Barueri faz quatro e derruba a invencibilidade do Atlético-MG

27 jun 2009
18h05
atualizado em 28/6/2009 às 07h34

Depois de vencer o time reserva do Cruzeiro no Mineirão, o Barueri recebeu o time titular do Atlético-MG e encerrou a série invicta do líder do Campeonato Brasileiro ao vencer por 4 a 2, na tarde deste sábado, na Arena Barueri.

» Fotos de Barueri x Atlético-MG
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o jogo na Arena Barueri

Esta foi a terceira vitória seguida do Barueri, a segunda com quatro gols que o credencia como segundo melhor ataque do Campeonato Brasileiro, com 17 gols. O time da Grande São Paulo não perde há cinco jogos e por isso vai dormir no G-4 da competição neste sábado. Para encerrar a oitava rodada entre os quatro melhores, será preciso torcer por tropeços de Palmeiras, Flamengo e Santo André, que jogam no domingo.

Para o Atlético-MG pouca coisa mudou. Apesar da primeira derrota na competição, o time mineiro lidera com três pontos de vantagem sobre o Internacional. A ponta da tabela só será perdida nesta rodada se o time gaúcho golear o Coritiba por oito gols de diferença.

O Atlético-MG de longe lembrou a equipe que até então não havia perdido no Campeonato Brasileiro. Tanto que o primeiro lance de muito perigo só foi acontecer no início do segundo tempo. Sobrando em campo e com muita disposição, não demorou muito para o Barueri abrir o placar.

Aos 9min, Fernandinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para o meio da área. O ala Éder furou mas Thiago Humberto não. Chute rasteiro no canto do goleiro Aranha.

O segundo jogo nasceu de uma jogada bizarra da defesa atleticana. Aos 32min, o lateral Júnior foi apertado pela marcação de Pedrão e recuou para Aranha. O problema foi que o goleiro perdeu o domínio da bola e foi obrigado a disputar a bola com o artilheiro, que se deu melhor e quase anotou o seu sétimo gol no campeonato. Só não fez porque Fernandinho, o melhor do Barueri em campo, correu para a bola e evitou que o defensor mineiro evitasse o gol.

Na segunda etapa, o Atlético-MG voltou melhor. Aos 8min obrigou o goleiro Rene a fazer boa defesa em chute de Márcio Araújo.

Mas a reação só foi concretizada com dois pênaltis marcados, um deles duvidoso, e convertidos por Diego Tardelli. Em ambos o atacante cobrou no canto direito do goleiro Rene. No segundo ele fez uma homenagem ao cantor americano Michael Jackson, morto na quinta-feira, ao comemorar o tento com o famoso passe de dance "Moonwalk". Tardelli e Pedrão, que passou em branco, dividem agora a artilharia do Campeonato Brasileiro com seis gols cada.

Mesmo levando o empate o Barueri não se abateu. Thiago Humeberto, aos 38min cobrou falta com força. A bola desviou e enganou o goleiro Aranha. A torcida ainda comemorava quando saiu o quarto gol do Barueri: Márcio Careca abriu o jogo na esquerda para Fernandinho. O atacante cruzou e Marcos Pimentel completou para o gol.

FICHA TÉCNICA

Barueri 4 x 2 Atlético-MG

Gols
Barueri: Thiago Humberto, aos 9min do primeiro tempo e aos 38min do segundo tempo, Fernandinho, aos 32min do primeiro tempo e Marcos Pimentel aos 40min do segundo tempo
Atlético-MG: Diego Tardelli, aos 25min e 31min do segundo tempo

Ponto Forte do Barueri
Barueri partiu para cima desde o início e tomou conta do jogo

Ponto Forte do Atlético-MG
Mudança de postura no segundo tempo fez com que o time de Celso Roth chegasse a empatar o jogo.

Ponto Fraco do Barueri
Equipe permitiu a reação do adversário no segundo tempo. Xandão fez pênalti infatil e quase complicou a vida do Barueri.

Ponto Fraco do Atlético-MG
Time entrou sem disposição e logo no primeiro tempo levou dois gols.

Personagem do jogo
Thiago Humberto, atacante do Barueri, fez dois gols na partida contra o Atlético-MG.

Lance bizarro
Aos 32min do primeiro tempo, Júnior recuou para Aranha, o goleiro não teve domínio e perdeu a dividida com Pedrão. Antes de a bola entrar no gol, Fernandinho empurrou para garantir o segundo gol do Barueri.

Lance polêmico
Aos 28 minutos do segundo tempo, Marcos Pimentel e Alessandro se enroscam dentro da área e o árbitro marcou pênalti duvidoso. Na cobrança, com paradinha, Diego Tardelli marcou seu segundo gol na partida.

Esquema Tático do Barueri
3-5-2
Rene; Xandão, André Luis e Leandro Castán (João Vitor); Éder (Marcos Pimentel), Ralf, Everton, Thiago Humberto e Marcio Careca; Fernandinho e Pedrão (Basílio); Técnico: Estevam Soares.

Esquema Tático do Atlético-MG
4-4-2
Aranha, Carlos Alberto, Alex Bruno, Werley e Júnior (Thiago Feltri); Jonilson, Renan (Alessandro), Marcio Araújo e Evandro; Éder Luis (Kléber) e Diego Tardelli; Técnico: Celso Roth

Cartões Amarelos
Barueri: Éder, Thiago Humberto, Leandro Castán e Marcos Pimentel
Atlético-MG: Alex Bruno e Carlos Alberto

Cartões Vermelho
Atlético-MG: Werley e Evandro

Árbitro
Pericles Bassols P. Cortez (RJ)

Local
Arena Barueri


Fonte: Terra
publicidade