0

Bernard lamenta atuação do Atlético-MG em Rosário: "deixamos a desejar"

4 jul 2013
00h31
atualizado às 01h39
  • separator
  • comentários

O Atlético-MG não soube reagir aos momentos de pressão mais aguda por parte do Newell’s Old Boys e foi derrotado por 2 a 0 em Rosário, na partida de ida da Copa Libertadores. Isso porque, de acordo com a análise do meia Bernard, a equipe deixou a desejar fora de casa, e agora terá de identificar os erros para buscar a vaga na final da competição continental.

Libertadores da América 2013Semifinais

Newell's Old BoysnewellsoldboysNewell's Old Boys2
0Atlético-MGAtlético-MGcam-s

  • Maxi Rodriguez 16 ' (2T)
  • Ignacio Scocco 34 ' (2T)
    2013-07-04 00:50 GMT-000 (D) FinalizadoEl Coloso del Parque
    <p>Bernard afirmou que Atlético-MG terá de fazer esforço extra pela vaga</p>
    Bernard afirmou que Atlético-MG terá de fazer esforço extra pela vaga
    Foto: AP

    “Vamos trabalhar mais forte para entrar no próximo jogo mais fortes. O time fez um primeiro tempo bom, sabendo atacar e defender, saindo em velocidade, mas no segundo tempo deixamos a desejar”, avaliou Bernard, na saída do gramado do Estádio Marcelo Bielsa, à Fox Sports. “E isso, em uma semifinal de Libertadores, acaba complicando tudo”.

    O time levou 2 a 0 e agora, para ir à decisão continental, precisa fazer três gols de diferença na próxima quarta-feira, em Belo Horizonte – se repetir o placar de 2 a 0, leva a decisão para a disputa de pênaltis. A força da equipe no Estádio Independência pode não ser suficiente. “Temos uma invencibilidade grande em casa, mas isso não vai ganhar o jogo. Vamos ter que dar mais, correr mais, criar mais e marcar mais”, apontou Bernard.

    O meia ainda analisou o complicado desempenho no segundo tempo. “Todos os times passam por dificuldade dentro da partida. Nesse momento, é lógico que a gente recua. É normal do ser humano, quando fica com medo, recuar. Mas nós recuamos muito e acabamos não dando o passo de atacar também. Temos que olhar isso direitinho”, avisou o jogador, de olho no confronto da próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília).

    Fonte: Terra
    • separator
    • comentários
    publicidade