0

Cuca e M. Oliveira comemoram maior pré-temporada do Brasil

10 jan 2013
14h04
atualizado às 15h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Entre as equipes que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro, os times de Minas Gerais, Atlético-MG e Cruzeiro, têm o maior período de pré-temporada,– 27 dias ao todo. Ambos se reapresentaram na última segunda-feira (7 de janeiro) e estreiam somente no maior clássico do estado, em 3 de fevereiro, na reinauguração do Estádio Mineirão.

A segunda colocação na edição passada do Brasileiro fez com que o Atlético ganhasse alguns dias a mais de preparação, uma vez que a estreia na Copa Libertadores ocorrerá somente no dia 13 de fevereiro, contra São Paulo ou Bolívar. Por isso, o técnico Cuca celebra o tempo que terá para recondicionar os seus comandados.

–"O vice-campeonato brasileiro nos deu a chance de preparar o mês inteiro, coisa que não teríamos se disputássemos a primeira fase da Libertadores. Precisaríamos nos apressar. Quero relembrar que, no ano passado, tínhamos protesto quando nos reapresentamos aqui. Começamos este ano com o vento a favor",– destacou o treinador.

Anunciado como técnico do Cruzeiro ao término do Brasileiro, Marcelo Oliveira também comemora o fato de o clube ter alguns dias a mais de pré-temporada, o que ele considera uma vantagem em relação aos demais estados do país.

–"Temos o privilégio de ter um tempo maior de pré-temporada. Temos vários jogadores em condições técnicas semelhantes. É muito bom para o treinador, porque dá um leque de opções. Tenho o sentimento de que poderemos ganhar o Mineiro e nos fortalecer durante o ano", avaliou o comandante celeste.

Os dois elencos fazem, neste início de ano, trabalhos físicos, focando o recondicionamento dos jogadores. Os comandados de Cuca participarão de um jogo-treino contra o Villa Nova, na Cidade do Galo, no dia 18 de janeiro. A equipe celeste, por sua vez, tem um amistoso marcado para o dia 27, contra o Mamoré, em Patos de Minas. Marcelo Oliveira ainda espera dois jogos-treino na Toca da Raposa 2.

O longo tempo que permanecerão em seus CT's para observação, darão aos dois treinadores rivais a capacidade de encontrar as equipes ideias de Galo e Raposa, tendo em vista que os dois elencos ganahram novas peças. Enquanto o Atlético-MG contratou Rosinei, Gilberto Silva, Alecsandro, Luan e Morais; o clube celeste foi além e trouxe: Bruno Rodrigo, Paulão, Nirley, Egídio, Uélliton, Nilton, Henrique, Diego Souza, Dagoberto, Everton Ribeiro, Ricardo Goulart, Lucca

 

Veja também:

Os maiores artilheiros estrangeiros da história do Vasco
Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade