0

Goleiro Giovanni diz que prefere ir para o Atlético-MG

23 dez 2010
17h23
atualizado às 17h44

O goleiro Giovanni ainda não confirma ter um pré-contrato acertado com o Atlético-MG, mas nesta quarta-feira o jogador demonstrou ter preferência pelo clube alvinegro como sua casa a partir de 2011.

O jogador evita falar da negociação com o clube mineiro, mas deixa no ar que será mesmo reforço da equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior no próximo ano.

"Eu vi a notícia, mas meus empresários me passaram que não tem nada ainda. Existe também o interesse do Inter e do Flamengo. Mas já disse que minha preferência é pelo Atlético, por conta da estrutura, da cidade. Porto Alegre é muito longe e o Flamengo é meio complicado. Meu empresário, Alaécio, é atleticano, está sempre em Belo Horizonte por ser amigo do Zé Luis (volante) e pode ser que aconteça. Tomara que tudo dê certo", disse Giovanni.

Giovanni despertou o interesse atleticano após três grandes atuações contra o seu possível clube em 2011. Em confrontos pelo Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana, ele fechou o gol do Grêmio Prudente.

"Dei um pouco de trabalho para o Atlético-MG mesmo (risos). Pude fazer boas defesas. Mas precisávamos dos resultados porque nossa equipe estava em situação delicada no campeonato", disse Giovanni.

No evento, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, resolveu responder à presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, pelas acusações. "Está ficando cômoda e cômica essa desculpa de jogar incompetência administrativa na conta da eleição do Clube dos 13. Qualquer coisa de errado dizem que essa eleição está envolvida"
No evento, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, resolveu responder à presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, pelas acusações. "Está ficando cômoda e cômica essa desculpa de jogar incompetência administrativa na conta da eleição do Clube dos 13. Qualquer coisa de errado dizem que essa eleição está envolvida"
Foto: Mauro Pimentel / Futura Press
Fonte: Lancepress!
publicidade