1 evento ao vivo

Luxemburgo faz mistério no último treino antes da final

1 mai 2010
15h15
atualizado às 17h58

Ney Rubens
Direto de Belo Horizonte

O técnico Vanderlei Luxemburgo comandou, neste sábado, o último treino do Atlético-MG antes da decisão do Campeonato do Mineiro, diante do Ipatinga, neste domingo, às 16 horas, no Estádio do Mineirão. Para ser campeão, o time alvinegro pode perder por até um gol de diferença que conquista o 40º título estadual.

Como a equipe vem de vários jogos decisivos e consecutivos pelo Estadual e também pela Copa do Brasil, Luxemburgo treinou apenas jogadas ensaiadas e cobranças de falta, a exemplo do restante da semana em que os atletas apenas se recuperaram fisicamente com treinos leves, naquilo que o comandante chama de Pijama Training.

Apesar da tranqüilidade que tomou conta do Centro de Treinamentos em Vespasiano, o técnico Vanderlei Luxemburgo disse que somente divulgará a equipe titular que enfrenta o Ipatinga pouco antes da partida, já nos vestiários do Mineirão.

O treinador tem todos os titulares à disposição para serem escalados. A principal dúvida é quanto à escalação do meia Ricardinho ou do lateral Júnior. Os dois têm se revezado no time titular nas últimas partidas.

Há ainda a possibilidade de Luxemburgo entrar com os dois pentacampeões mundiais. Neste caso, Júnior atuaria pela lateral esquerda, no lugar de Leandro, e a equipe entraria diante do Ipatinga com a mesma formação que venceu o Santos por 3 a 2 pela Copa do Brasil, na última quarta-feira.

O volante Correa, que pode ter, durante a próxima semana, o seu contrato de empréstimo prorrogado pelo Dínamo de Kiev (da Ucrânia), afirma que todo o elenco alvinegro está ansioso pela conquista do título, mas sabe que a vantagem conseguida na primeira partida, quando o time alvinegro venceu por 3 a 2, não significa que o Atlético já é campeão.

"A expectativa é grande por parte de todo mundo, nós jogadores, torcedores, a ansiedade natural para que chegue logo o domingo, mas a euforia tem que ficar por conta do torcedor, nós jogadores temos que ficar concentrados", disse.

Para Correa, conquistar o Campeonato Mineiro, que por muitas vezes foi criticado por dirigentes tanto de Atlético quanto de Cruzeiro, significa o pontapé inicial para outros títulos.

"Quando você veste a camisa de um clube grande a responsabilidade é enorme. Existe a cobrança, aquele negócio, ah, título estadual, mas se você não ganha a cobrança vem do mesmo jeito. A gente sabe o que é vestir a camisa do Atlético com essa filosofia nova, com este projeto da nova diretoria, então o Atlético vai entrar forte em toda competição", afirmou Correa, que disse torcer para o time mineiro e o Dínamo de Kiev entrem num acordo e ele fique em Belo Horizonte.

Três anos na fila

Todos os 64,5 mil ingressos para o jogo de domingo foram vendidos, segundo informou a assessoria de imprensa do clube. A renda não foi divulgada ainda, mas todo o montante ficará com o time mandante, no caso, o Atlético, como determina o regulamento.

A torcida e a diretoria alvinegra estão ansiosas pela conquista do título mineiro. A última vez que o Atlético levantou a taça foi na competição disputada em 2007, quando o alvinegro bateu o rival Cruzeiro por 4 a 0 na primeira partida da final e no jogo seguinte, perdeu por 2 a 0. Nos dois anos seguintes a torcida alvinegra viu o Cruzeiro conquistar o título goleando o Atlético por 5 a 0 nas duas finais consecutivas.

Se o Atlético for campeão este ano, será o primeiro título do presidente Alexandre Kalil, que assumiu o clube no final de 2008, após a renúncia do ex-presidente, Ziza Valadares. A final entre Atlético e Ipatinga é inédita, nunca antes aconteceu na história do Campeonato Mineiro.

Luxemburgo quer conquistar seu primeiro título pelo Atlético-MG
Luxemburgo quer conquistar seu primeiro título pelo Atlético-MG
Foto: Carlos Roberto/Hoje em Dia / Gazeta Press
Fonte: Especial para Terra
publicidade