0

Para Luxemburgo, Atlético-MG falhou em não "matar o jogo"

8 abr 2010
02h36
atualizado às 08h12

Se no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Mineiro o Atlético-MG saiu de um placar negativo de 2 a 0 para buscar o empate contra o América-MG, a situação se inverteu nesta quarta-feira: foi a vez de o time alvinegro estar na frente e permitir a reação do rival. O técnico Vanderlei Luxemburgo não questionou os dois gols sofridos, mas sim os muitos contra-ataques perdidos.

"O erro não foi tomar dois gols, e sim perder dois, três, quatro e deixar de matar o jogo", reclamou o treinador. Na semifinal, o time pode voltar ao Triângulo Mineiro, caso o Democrata, de Governador Valadares, seja o adversário.

"Vamos esperar pela definição. Mas como a vantagem é do Democrata e eles podem escolher o segundo jogo, no primeiro podemos jogar no Triângulo, buscar um alternativa, já que não jogaremos ao lado da cidade deles", disse Luxemburgo, em referência a Ipatinga, que fica bem próxima a Governador Valadares.

Treinador reclamou do baixo aproveitamento nos contra-ataques
Treinador reclamou do baixo aproveitamento nos contra-ataques
Foto: Carlos Roberto/Hoje em Dia / Futura Press
Fonte: Lancepress!
publicidade