PUBLICIDADE
Logo do

Athletico Paranaense

Meu time

Arena da Baixada pode receber evento de MMA em dezembro

19 set 2014 19h05
| atualizado às 20h54
ver comentários
Publicidade

<p>Mapa explica como funcionará evento na Arena da Baixada</p>
Mapa explica como funcionará evento na Arena da Baixada
Foto: G3 United / Divulgação
A negociação para sediar um evento do Ultimate Fighting Championship (UFC) ficou próxima de acontecer para outubro, mas outro evento de MMA fechou com a Arena da Baixada. O Shooto promove uma edição em dezembro, sendo o primeiro em um estádio de futebol no Brasil.

A ideia, no início, era de que a edição 169 do UFC fosse acontecer no estádio do Atlético-PR. O presidente do clube, Mario Celso Petraglia, chegou a confirmar a data: 25 de outubro. Pouco tempo depois, porém, a organização anunciou o Maracanãzinho como o palco escolhido.

O principal medo do UFC, na época, era o mesmo da Fifa quando barrou a cobertura da Arena para a Copa do Mundo. O teto retrátil, diferencial do local, está com as obras paradas e tem previsão de ficar pronto em outubro - podendo estender até novembro.

Assim, o Shooto decidiu garantir o mês seguinte para realizar a edição - o dia não foi divulgado ainda. Nela, algumas atrações especiais: transmissão ao vivo para todo o território nacional, 12 lutas com duas disputas de cinturão internacional, além de atrações de música, gastronomia e entretenimento.

Após disputas, acontecerá uma balada em área exclusiva para 2 mil pessoas, com a presença de três atletas do UFC: José Aldo, atual campeão da categoria peso penas e invicto desde 2006, está confirmado.

Mudança de gestora
A demora em conseguir eventos não esportivos e que não fossem relacionados ao futebol parece ter esgotado a paciência da direção rubro-negra. A AEG, empresa americana que firmou contrato de 10 anos no ano passado, não é mais a responsável. O clube, todavia, ainda não confirma oficialmente.

A comprovação vem na parceria com a G3 United, que levou o Shooto. Em seu site, a empresa afirma ser a gestora oficial de todo o complexo da Arena da Baixada, que vai desde o estádio, passando pela futura Areninha e até a praça Afonso Botelho, logo em frente ao complexo. A AEG também tinha a missão de conseguir o naming rights para o estádio atleticano.

O complexo do Atlético-PR terá: 37,1 mil m² de exploração para festas e shows de menor porte; 9 mil m² de hall e instalações comuns; 2,5 mil m² de mall com funcionamento diário, independente de ter ou não jogo, e 770 m² de sports bar. Além disso, um centro de convenções está previsto para ser inaugurado em 2016 e a Areninha, com capacidade para 16 mil lugares, em 2017.

Dentro desta parceria entre clube e empresa, a G3 United afirma que usará a 153/BBA e RW 7 como aliadas dentro do projeto. A primeira é focada em consultoria e planejamento estratégico com 15 anos de atuação, enquanto a segunda é uma produtora de eventos com 20 anos de mercado e que já possui parceria com o clube paranaense, divulgando shows e eventos no mailing oficial para os sócios.

Fonte: PGTM Comunicação - Especial para o Terra PGTM Comunicação - Especial para o Terra
Publicidade
Publicidade