1 evento ao vivo

Bolt se compara a Michael Johnson e avisa: "agora sou uma lenda"

9 ago 2012
18h53
atualizado às 19h50
Leandro Miranda
Direto de Londres

Após vencer nesta quinta-feira a final dos 200 m rasos dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, com o tempo de 19s32, e tornar-se o primeiro homem da história a conquistar duas medalhas de ouro na prova, o jamaicano Usain Bolt enfim pode se definir como "uma lenda". E foi exatamente isso que disse o corredor após o triunfo, além de ter se comparado a outro mito do esporte, o americano Michael Johnson.

» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

"Foi isso que eu vim fazer aqui. Agora eu sou uma lenda, sou o maior atleta a viver. Estou na mesma categoria que o Michael Johnson. Estou honrado. É tudo sobre o Michael Johnson para mim. Eu cresci assistindo ele quebrar os recordes mundiais. Ele é um grande atleta", desabafou Bolt após o feito, obtido no Estádio Olímpico de Londres. "Não tenho mais nada a provar. Mostrei ao mundo que sou o melhor", continuou.

O americano Michael Johnson é considerado um dos maiores atletas de todos os tempos. O velocista ganhou quatro medalhas de ouro olímpicas - nos 4x400 m de Barcelona 1992, nos 200 m e nos 400 m de Atlanta 1996 e nos 400 m de Sidney 2000 -, além de nove títulos de campeão do mundo de atletismo. Ele deteve o recorde dos 200 m rasos entre 1996 e 2008, quando o próprio Bolt o superou.

Já o jamaicano, com apenas 25 anos de idade, possui agora cinco condecorações douradas em Jogos Olímpicos e ainda pode somar mais uma, desde que conquiste o bi no revezamento 4x100 m. Ele também venceu duas vezes, entre Pequim e Londres, o ouro nas provas dos 100 m e dos 200 m, além de cinco medalhas douradas em Mundiais de atletismo. Ele é o atual recordista dos 100 m e dos 200 m.

Bolt faturou o bicampeonato dos 200 m e entrou para a história
Bolt faturou o bicampeonato dos 200 m e entrou para a história
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade