2 eventos ao vivo

Brasileiro diz que "deu o sangue" por top 10 na maratona

12 ago 2012
11h43
atualizado às 12h57
Marina Novaes
Direto de Londres

Assim como o colega Marilson dos Santos, que terminou a maratona olímpica na quinta colocação e estava visivelmente cansado ao concluir a prova, Paulo Roberto de Almeida Paula também cruzou a linha de chegada à beira da exaustão. O atleta do Cruzeiro se disse satisfeito com o resultado obtido em Londres neste domingo: oitavo lugar.

» Veja as mais belas atletas, torcedoras e cheerleaders de Londres 2012
» Vote na maior decepção brasileira nos Jogos de Londres
» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Paulo, que competiu em quatro maratonas neste ano - inclusive na que garantiu sua classificação para a Olimpíada -, admitiu ter sofrido muito nos últimos 4 km da prova, mas afirmou que "deu o sangue" para terminar a prova entre os 10 primeiros colocados - ele ficou em oitavo em sua primeira participação olímpica.

"A prova foi dura devido ao esforço de em menos de um ano ter de fazer quatro maratonas como esta aqui, e já na primeira maratona eu fiz o índice, e tive que fazer o meu melhor e fazer a diferença. Está certo que não saiu as 2h10 que eu estava esperando, mas eu dei o meu melhor pra que eu pudesse representar o meu País", afirmou.

Cansado ao extremo, o corredor também precisou se sentar à sombra por alguns minutos, fazendo companhia para Marilson, que já estava apoiado em uma grade, sentado ao chão. "Maratona você tem que ficar preparado pra tudo. Estava tão quente, mas não foi o motivo de correr 2h12. Eu corri forte para chegar na prova entre os dez primeiros e para não parar na prova porque do km 38 ao 42 foi muito sofrido aguentar o ritmo e chegar em uma boa colocação", contou.

Apesar de ficar longe do pódio, Paulo estava feliz pelo seu desempenho e afirmou que chegou ao seu objetivo: "Meu trabalho é assim, mesmo que as pessoas não acreditem, eu vim para provar que podia ficar entre os dez. E eu dei o sangue pra ficar entre os dez nos Jogos Olímpicos e consegui", comemorou o atleta, que completou o percurso em 2h12min17.

Paulo Roberto de Paula foi o oitavo colocado na maratona
Paulo Roberto de Paula foi o oitavo colocado na maratona
Foto: AFP
Fonte: Terra
publicidade