3 eventos ao vivo

Bruno Lins é eliminado nos 200 m por oito milésimos; Bolt avança

16 ago 2013
08h05
atualizado às 09h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Por pouco o Brasil não teve um representante na semifinal da prova de 200 m do Campeonato Mundial de Atletismo, que está sendo disputado em Moscou, na Rússia. Milésimos mais lento, Bruno Lins não conseguiu a marca suficiente para avançar e foi eliminado na primeira fase da disputa.

<p>Bruno Lins não conseguiu a marca suficiente para avançar e foi eliminado na primeira fase da disputa dos 200 m</p>
Bruno Lins não conseguiu a marca suficiente para avançar e foi eliminado na primeira fase da disputa dos 200 m
Foto: AP

Embora a competição só divulgue inicialmente os segundos e os centésimos feitos por cada corredor, um empate entre dois atletas foi a única condição para que os milésimos fossem mostrados. Seguindo o regulamento da competição, os três melhores atletas de cada uma das sete baterias que foram realizadas nesta sexta-feira avançariam à semifinal, junto com os outros três que tivessem o melhor tempo.

Com isso, Bruno Lins, que foi o quarto da terceira sessão, teve que esperar até o final para ver se avançaria por causa do tempo.Com 20s47, o equatoriano Alex Quiñónez foi o primeiro a se classificar, seguido pelo grego Likoúrgos-Stéfanos Tsákonas, que fez 22s55. Após fazer 20s600, o brasileiro ia se classificando até a quinta bateria, quando o polonês Karol Zalewski, que havia marcado 20s60, teve a marca de 20s592 divulgada após a leitura da chegada.

<p>Correndo de forma tranquila, Usain Bolt fez apenas a 21ª melhor marca das eliminatórias</p>
Correndo de forma tranquila, Usain Bolt fez apenas a 21ª melhor marca das eliminatórias
Foto: Getty Images

Aldemir Gomes da Silva Jr., o outro representante do Brasil na competição, terminou na quarta colocação da quarta sessão, com 20s73, e também acabou eliminado.

Bolt avança à semi

Enquanto os brasileiros não avançaram, Usain Bolt, atual bicampeão mundial da prova, mostrou tranquilidade para se classificar. Com 20s66, apenas a 21ª melhor marca, o jamaicano foi o primeiro na sétima e última sessão disputada. Quem terminou como o melhor da atividade desta manhã foi o sul-africano Anaso Jobodwana, que cravou 20s17.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade