1 evento ao vivo

Companheiro de Pistorius cai, mas África do Sul vai à final do 4x400 m

9 ago 2012
07h41
atualizado às 10h17
Leandro Miranda
Direto de Londres

Oscar Pistorius viveu um drama na sua segunda participação nos Jogos Olímpicos de Londres. Por conta da queda do companheiro Ofentse Mogawane, o atleta que tem as duas pernas amputadas não pegou o bastão para correr na primeira bateria classificatória do revezamento 4x400 m nos Jogos Olímpicos de Londres, realizada na manhã desta quinta-feira, no Estádio Olímpico. Mesmo sem completar a prova, a África do Sul se classificou à final do evento, visto que a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) considerou que Mogawane foi obstruído por um concorrente durante a prova.

» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Pistorius seria o terceiro a correr pelo time sul-africano. Porém, Ofentse Mogawane, segundo atleta da série, chocou-se com Vincent Kiliu, do Quênia, e ambos foram ao chão. Kiliu ainda conseguiu se levantar e seguir na prova, situação que não se repetiu com o esportista da África do Sul - segundo informaria Pistorius no Twitter, Mogawane deslocou o ombro na queda.

O cenário eliminaria os sul-africanos da Olimpíada, mas a equipe conseguiu reverter a situação. Cerca de uma hora depois da eliminatória, a IAAF anunciou que aceitou um protesto do time de Pistorius, que assim disputará à final devido à obstrução sofrida por Mogawane.

Desse modo, nove equipes, uma a mais que o previsto, participarão da decisão do revezamento 4x400 m, que acontece nesta sexta-feira, às 17h20 (de Brasília). As outras oito - que se classificaram normalmente com o desempenho na pista - são Bahamas, Estados Unidos, Grã-Bretanha, Cuba, Rússia, Bélgica, Venezuela e Trinidad e Tobago.

Primeiro atleta a competir na Olimpíada e na Paralimpíada no atletismo, Oscar Pistorius havia sido eliminado nas semifinais dos 400 m rasos em Londres. Ele terá uma nova chance de subir ao pódio da prova por equipes.

A decepção da fase classificatória do revezamento 4x400 m ficou por conta do time jamaicano, que não completou a prova por conta da lesão de Jermaine Gonzales, terceiro atleta da série, e por essa razão está fora da decisão.

A Jamaica foi terceira colocada no evento no Mundial de 2011, em Daegu, ficando atrás dos EUA (medalhistas de ouro) e da África do Sul (de prata). Havia uma chance de Usain Bolt, atual bicampeão olímpico dos 100 m rasos, reforçar o time caribenho em caso de classificação à final, mas essa hipótese ainda não havia sido confirmada.

As melhores equipes da fase eliminatória do 4x400 m foram Bahamas e EUA, que completaram a segunda bateria nesta quinta com o tempo de 2min58s87. Grã-Bretanha e Trinidad e Tobago, que lideraram a primeira bateria com o tempo de 3min00s38, também foram à final com boas marcas.

Desolado, Pistorius lamenta o fim da sua última participação nos Jogos Olímpicos de Londres
Desolado, Pistorius lamenta o fim da sua última participação nos Jogos Olímpicos de Londres
Foto: Reuters
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade