publicidade
14 de novembro de 2012 • 07h49

Incluir vitamina D na dieta melhora o desempenho na corrida

Dentre as principais fontes de vitamina D estão peixes gordos como o atum e o salmão, além de leite, fígado, gema de ovos e manteiga
Foto: getty images / Terra
 

Diversos estudos apontam que o consumo regular de vitamina D auxilia na melhora do desempenho na corrida, proporcionando ao atleta maior velocidade, força e resistência. Os benefícios estariam relacionados à absorção do nutriente por parte dos músculos e do coração e consequente aumento do rendimento por parte dos mesmos. "A vitamina D auxilia no metabolismo do cálcio e fósforo, minerais que contribuem para o crescimento e manutenção da saúde óssea, além de atuar também no sistema imunológico, portanto muito importantes para o atleta", salienta a nutricionista Soraia Azzuz, especializada na área esportiva.



Dentre as principais fontes de vitamina D, a nutricionista cita peixes gordos como o atum e o salmão, leite, fígado, gema de ovos e manteiga. Para um consumo adequado, o ideal é o atleta procure um especialista da área para verificar a quantidade diária necessária, levando em conta aspectos como idade e demanda por parte da atividade física. "Mas a vitamina D também pode ser produzida pelo organismo a partir luz do sol", acrescenta Soraia. Nesse caso, o corredor só deve tomar cuidado em relação à exposição ao sol no horário mais crítico (das 11h às 15h) e sempre usar protetor para a pele.



Roda Livre
Especial para o Terra
Terra