0

Em 1ª Olimpíada, Aline supera carma e festeja vaga: "foi milagre"

19 jul 2012
14h11
atualizado em 20/7/2012 às 16h14
Emanuel Colombari
Vagner Magalhães
Direto de Londres

A equipe titular feminina do revezamento 4x400 m ainda não está oficializada para a Olimpíada de Londres, mas já tem as quatro titulares definidas pela comissão técnica. Ainda que a ordem não esteja definida, Joelma Souza, Jailma de Lima, Geisa Coutinho e Lucimar Teodoro irão representar o País nos Jogos Olímpicos de 2012. Com isso, Aline dos Santos fica na reserva na primeira edição da competição da carreira.

» Saiba como assistir à Olimpíada no Terra
» Coloque as notícias sobre a Olimpíada no seu site
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

Aos 27 anos, a carioca convive com o que chama de "carma". Por conta de uma lesão, perdeu a chance de disputar a prova na Olimpíada de 2008, em Pequim. Três anos depois, após participar dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, mais uma lesão ameaçou os planos olímpicos. Recuperada, conseguiu a vaga na última hora, após marcar 53s14 em seu desempenho individual na prova no Troféu Brasil, em São Paulo, em junho.

"Foi um milagre. Já não tinha mais esperança de vir", contou Aline ao Terra nesta quinta, antes do segundo dia de treinamentos da equipe na pista do Crystal Palace National Sports Centre. "Em 2008, não participei por lesão. Então, botei na cabeça de que estaria em Londres de qualquer maneira", completou, sorridente.

A lesão de Aline após o Pan de 2011 preocupou a velocista, que ficou três meses parada em decorrência de um estresse ósseo na perna, causado pelo excesso de treinamentos. "Ainda sinto um pouquinho, mas quando aqueço e coloco a sapatilha, já passa. Aí você pode pedir para eu fazer qualquer coisa, que não tem problema", explicou.

Formada este ano para a Olimpíada, a equipe difere em apenas um elemento do quarteto que disputou a prova em Guadalajara e ficou com a prata: saiu Bárbara de Oliveira para a entrada de Lucimar Teodoro. O Brasil, classificado graças à marca de 3min28s no Campeonato Ibero-Americano de 2012, na Venezuela, figura hoje entre as 16 principais equipes do mundo na atualidade, mas diante de concorrentes fortes como Estados Unidos, Jamaica e Rússia, a meta para Londres é chegar à final.

"Acho que (a equipe) está excelente, na medida do possível. Para mim, foi um ano muito difícil. Vim de lesão, passei no último dia. As meninas estão de parabéns, ninguém acreditava que a gente viesse", lembrou Aline. "Mas para a gente está bom, né? Dentro das nossas condições, a gente está muito bem de estar aqui. Quem não quer estar em uma Olimpíada?", perguntou ela, realizando o sonho inédito na carreira.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, de 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

atletismo

Aline dos Santos ficou de fora dos Jogos de Pequim por lesão
Aline dos Santos ficou de fora dos Jogos de Pequim por lesão
Foto: Edson Lopes Jr. / Terra

.f4v&poster=http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/londres-2012/infograficos/esportes/atletismo.jpg" name="flashvars">

Fonte: Terra
publicidade