0

Em Londres, Pistorius faz treino animado para Olimpíada

29 jul 2012
10h04
atualizado às 10h20
Marina Novaes
Direto de Londres

Único atleta classificado na Olimpíada e na Paralimpíada de Londres (ao lado da mesa-tenista polonesa Natalia Partyka), o velocista sul-africano Oscar Pistorius, 25 anos, fez neste domingo seu primeiro treino desde que chegou a cidade-sede dos Jogos Olímpicos, na última sexta-feira (27). Descontraído e sorridente, o esportista "calçou" as próteses especiais que usa para correr, e se aqueceu diante das câmeras e jornalistas, dando explicações sobre sua rotina de exercícios.

Sul-africano brincou com companheiros e jornalistas durante o treinamento
Sul-africano brincou com companheiros e jornalistas durante o treinamento
Foto: Marina Novaes / Terra

» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Conhecido como "Blade Runner", Pistorius conseguiu, em 2011, índice suficiente para correr os 400 m rasos nos Jogos Olímpicos, e acabou sendo convidado pela Confederação Sul-Africana de Atletismo para também correr o revezamento 4x400 m com a equipe de seu país. Sua participação, porém, gerou polêmica entre alguns atletas, que temiam que as próteses o favorecesse - o que foi descartado pelo Comitê Olímpico Internacional, após a realização de testes.

Hoje, ele não gravou entrevistas, mas também não escondeu a alegria que sentia em poder participar das duas competições, entusiasmado após desfilar com a delegação sul-africana na cerimônia de abertura da Olimpíada de Londres, na última sexta.

"Foi maravilhoso estar lá. Foi uma experiência tão fenomenal que é até difícil descrever o que eu senti naquele momento. Foram seis anos de luta pra chegar aqui", disse o atleta, com um sorriso largo no rosto. O atleta é o primeiro com as duas pernas amputadas a conseguir se classificar para os Jogos Olímpicos, e mesmo sem medalha já entrou para a história do esporte.

Durante o treino, ele dividiu a pista com o colega de equipe e também atleta olímpico Oftense Mogawane, 30 anos, com quem conversou animadamente entre uma corrida e outra - bem humorado, ele dava "tchauzinhos" para as câmeras toda vez que voltava dos sprints.

O treinador da seleção sul-africana de atletismo, Hezekiel Sepeng, fez questão de ressaltar que o treino de Pistorius não tem "nada de diferente dos demais", embora admita que sua história e sua trajetória pessoal "inspirem" os outros corredores.

"O Oscar ainda é jovem no atletismo e, assim como os outros atletas, ainda tem muito para aprender. Como você pode ver, ele não tem nenhuma vantagem milagrosa (por usar as próteses especiais). Mas a luta dele pra chegar aqui é inspiradora", afirmou.

Pistorius nasceu com um problema nas duas pernas e teve de amputá-las logo abaixo dos joelhos ainda com 11 meses de idade. Isso, porém, nunca o impediu de praticar esportes, e antes de escolher se dedicar ao atletismo profissionalmente, ele jogou rugby, tênis e polo aquático.

Ao concluir o treinamento, que durou cerca duas horas, Pistorius trocou novamente as próteses, levantou-se e passou agradecendo pessoalmente os jornalistas "por terem se dado ao trabalho" de ir assisti-lo. "Obrigado. Boa sorte para todos nós!", disse o atleta, despedindo-se. As provas de atletismo começam no próximo sábado (4).

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,, fotos participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Fonte: Terra
publicidade