0

Queniana vence maratona e conquista inédito bicampeonato mundial

10 ago 2013
12h04
atualizado às 13h41

A queniana Edna Ngeringwony Kiplagat venceu a prova de maratona do Mundial de Moscou, disputada na manhã deste sábado. Campeã em Daegu-2011, a representante do país africano é a primeira atleta a ganhar dois títulos mundiais na distância de forma consecutiva.

Kiplagat, policial com o grau de sargento, cruzou a linha de chegada na capital russa com o tempo de 2h25min44s. A italiana Valeria Straneo, com a marca de 2h25min58s, e a japonesa Kayoko Fukushi, com o registro de 2min27s45, completaram o grupo das três primeiras.

No momento da largada, a temperatura era de aproximadamente 28ºC e a umidade do ar, de 51%. Durante as quatro voltas no circuito armado em torno de alguns dos principais pontos turísticos de Moscou, várias atletas abandonaram a corrida em função do forte calor.

Persistente, Valeria Straneo liderou a grande maioria da corrida, mas acabou ultrapassada por Edna Ngeringwony Kiplagat nos últimos quilômetros do percurso. A despeito das condições climáticas desfavoráveis, a queniana venceu a prova e fez história.Em mais uma prova disputada neste sábado, o britânico Mohamed Farah venceu os 10.000m com o tempo de 27min21s71. O etíope Ibrahim Jeilan (27min22s23) e o queniano Paul Kipngetich Tanui (27min22s61) completaram o pódio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade