7 eventos ao vivo

São Silvestre acirra rivalidade entre Cruzeiro e Atlético-MG

31 dez 2010
12h18
atualizado às 12h32

Nem quando o futebol deixa de ser assunto a rivalidade entre Cruzeiro e Atlético-MG deixa de existir. Atualmente, o time alvinegro não possui equipe de atletismo, mas nem sempre foi assim: o clube já teve tradição no esporte, prova disso é que João da Mata foi campeão da São Silvestre com a camisa atleticana em 1983. Nesta sexta-feira, os torcedores do Atlético-MG terão de torcer contra os cruzeirenses Franck Caldeira e os demais atletas do Cruzeiro.

Franck Caldeira (esq.) é a principal esperança cruzeirense para vencer a prova de 2010
Franck Caldeira (esq.) é a principal esperança cruzeirense para vencer a prova de 2010
Foto: Fernando Borges / Especial para Terra

A maior polêmica envolvendo a São Silvestre ocorreu na edição de 2007, quando os campeões daquele ano, os quenianos Robert Cheruiyot e Alice Timbilili, desfilaram no pódio com a bandeira atleticana. Dias depois, a diretoria do Atlético-MG confirmou por meio de seu site oficial que patrocinou os africanos, para que não descem chances para os cruzeirenses na corrida.

De acordo com a nota oficial, a negociação com os dois atletas ocorreu dias antes da competição, já que a cúpula alvinegra confiava na vitória de Cheruiyot e Timbilili. Os valores pagos aos corredores quenianos não foram divulgados pelo Atlético-MG. Ainda segundo a nota, a negociação foi feita com uma empresa de marketing e um representante dos atletas no Brasil.

A ideia do Atlético-MG era evitar que o fundista do Cruzeiro, Franck Caldeira, repetisse a dose e fosse bicampeão da Corrida de São Silvestre.

Para a edição deste ano, a direção do Atlético-MG afirmou que não haverá surpresas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade
publicidade