0

Técnico pede que Marílson dos Santos corra "com tesão"

6 ago 2012
10h45
atualizado às 10h49
Carolina Capozzi
Edison Filho
Direto de Londres

O dia hoje era especial em Crystal Palace não só por ser o primeiro contato do maratonista Marílson dos Santos com a imprensa. Mas também porque é o aniversário de uma das últimas esperança de medalha para o Brasil. Marílson completa 35 anos e garante que vai fazer de tudo para subir ao pódio em Londres. "É a última oportunidade que eu vou ter de fazer um bom resultado", desabafou. Para garantir esse resultado, o técnico Adauto Domingues tem uma tática. A de fazer Marílson correr o menos possível por enquanto para, no dia da prova, estar cheio de vontade de invadir a pista. "Quero que ele corra com tesão", garantiu.

» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Embora pense em marcas para serem atingidas, o técnico garantiu que a principal meta em uma Olimpíada não é quebrar recordes, mas sim sair com medalha. "Ninguém está pensando no tempo. O objetivo é subir no pódio", contou Adauto. O trajeto da maratona londrina tem mais de 90 curvas e algumas subidas. Para Marílson, ainda que exista um favoritismo dos etíopes e quenianos, não é possível usar o "já ganhou". "A maratona é muito difícil. A prova é longa e tudo pode acontecer, é uma prova aberta", afirmou.

O atleta ainda disse que não pretende contar com um favorecimento climático no dia da prova. Ele prefere, inclusive, esperar um clima adverso. "Estou preparado para qualquer clima. Não quero ter decepção no dia da prova", contou. As questões climáticas foram colocadas em pauta em Londres depois que Fabiana Murer, do salto com vara, culpou o vento pelo seu mau resultado.

Marílson dos Santos compete no último dia dos jogos olímpicos de Londres, 12 de agosto.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta comtextos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Para o atleta, ainda que exista um favoritismo dos etíopes e quenianos, não é possível usar o "já ganhou"
Para o atleta, ainda que exista um favoritismo dos etíopes e quenianos, não é possível usar o "já ganhou"
Foto: Edison Filho / Terra
Fonte: Terra
publicidade