3 eventos ao vivo

Christian Fittipaldi relembra carreira e esclarece saída da F1

14 jan 2011
16h54
Esportes Show: C. Fittipaldi avalia escolhas na carreira
Wanderley Nogueira

No automobilismo o sobrenome Fittipaldi é muito forte, é sinônimo de velocidade. Desde o Barão Wilson Fittipaldi, que narrava corridas, aos filhos Emerson, bicampeão mundial de F1 e Wilson que também correu na principal categoria do automobilismo, chegando ao neto Christian Fittipaldi, que como o pai e o tio, escolheu a carreira de piloto para honrar uma marca forte nas pistas pelo mundo.

Christian Fittipaldi conquistou diversas provas no Kart, conquistou a F-3 Sul-Americana e depois a F-3000 quando despertou o interesse da Fórmula 1, onde correu por duas equipes a Minardi e a Arrows.

Em entrevista ao Terra, Christian lembrou da sua carreira, da vida na Europa e a dificuldade de para se firmar na categoria mais badalada do automobilismo.

O piloto também contou sobre a decisão de correr nos Estados Unidos, deixando a F1 para trás. "Era para correr uma temporada de Fórmula Indy e depois voltar para a Fórmula 1, mas quando eu fui ver já tinha se passado cinco temporadas na Indy", contou Fittipaldi.

Christian com toda a sua experiência em diversas categorias do automobilismo falou sobre uma relação importante neste esporte para ser bem sucedido. "Não adianta ter só o talento para conseguir uma boa equipe, lutar pelas vitórias é fundamental ter bons patrocinadores, mas também não adianta ter só dinheiro se não tem talento porque o resultado e o retorno são cobrados", concluiu o piloto que hoje corre na Stock Car aqui no Brasil e vai correr as 24 horas de Daytona, nos Estados Unidos.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade