1 evento ao vivo

Franchitti fica em 8º na Flórida, mas é o campeão da Indy

2 out 2010
21h53
atualizado em 3/10/2010 às 08h28

O escocês Dario Franchitti (Chip Ganassi) se sagrou campeão da temporada 2010 da Fórmula Indy após terminar na oitava posição o GP da Flórida, neste sábado, última prova do ano. O piloto, que havia conquistado a pole position no treino da última sexta, iniciou a corrida com 576 pontos, na segunda posição da tabela, sendo que o então líder da classificação geral da categoria, o australiano Will Power (Penske), começou com 587. Somente os dois poderiam chegar ao título no circuito de Miami Homestead.

Após a largada, Franchitti manteve a primeira posição, seguido por seu companheiro de equipe, o neozelandês Scott Dixon, que havia largado em segundo no grid. Dixon trabalhou como um verdadeiro escudeiro para o líder da corrida nessa etapa inicial, impedindo que Power, que havia largado na 3ª posição, se aproximasse. O australiano perdeu um pouco o ritmo e na 30ª volta já estava na sétima posição, enquanto que o brasileiro Tony Kanaan (Andretti) ocupava o terceiro lugar.

A primeira bandeira amarela surgiu após a saída do brasileiro Mário Moraes do GP da Flórida, quando Power ocupava a nona posição. Depois de os carros irem para os boxes, houve a relargada na volta 43. O escocês se manteve na liderança, agora seguido por Ryan Briscoe (Penske) e Dixon. Esse grupo, junto com Tony Kanaan, disputou as primeiras posições nas voltas seguintes da corrida. Na volta 70, inclusive, Kanaan conseguiu liderar a prova pela primeira vez, seguido por Dixon e Franchitti. Na de número 75, a equipe Chip Ganassi se mostrava satisfeita com o rendimento de seus pilotos.

Ultrapassada metade da corrida em Miami Homestead, quando a brasileira Bia Figueiredo também já tinha abandonado prova, grande parte dos pilotos se dirigiu aos boxes. Na volta de número 107, Dario Franchitti havia retomado a liderança, seguido por Kanaan, (2º), Dixon (3º) e Power (4º). Uma das combinações que dariam o título ao escocês - neste caso, podendo contar somente com as próprias forças - seria a vitória, somada ao fato de liderar o maior número de voltas (o que confere dois pontos ao piloto). Na volta 127, o escocês conseguiu esses dois pontos.

Pouco depois, Will Power chegou a raspar os pneus de seu carro na parede do oval de Miami Homestead. O drama do australiano aumentou ainda mais quando entrou no boxes de maneira equivocada, e em seguida viu sua equipe gastar muito tempo trabalhando na suspensão traseira de seu carro. Quando voltou à pista na 25ª posição, volta 144, a prova estava paralisada, com os pilotos seguindo o pace car. Franchitti liderava, seguido por Dixon e Marco Andretti (Andretti). Kanaan, penalizado, perdeu muito tempo nessa altura da disputa.

Na volta 150, o pace car ainda ditava o ritmo da corrida, e Power estava de volta aos boxes, tendo inclusive que sair do carro para os mecânicos trabalherem. Depois da relargada, volta 151, Dixon ocupava a ponta, seguido por Franchitti e Andretti - que não demorou muito para ultrapassar os dois primeiros e assumir a liderança. Quando nova bandeira amarela tremulou em Miami Homestead, na volta 167, Andretti seguia na ponta, seguido por Dixon, Helio Castroneves (Penske) e Franchitti. Power ainda acompanhava a prova de fora, enquanto seus mecânicos trabalhavam.

Muitos pilotos foram aos boxes, e a relargada se deu na volta de número 173, quando os brasileiro Hélio Castroneves e Tony Canaan partiram para o ataque e brigaram com Dixon pela liderança da disputa. Porém, nova bandeira amarela tremulou no GP da Florida. Faltando 15 voltas para o final da etapa, que já havia sido retomada, Franchitti era o nono colocado e Power já havia abandonado a corrida. A nove voltas do final, Dixon vencia, seguido por Kanaan e Danica Patrick (Andretti).

Ao final das 200 voltas, Dixon se sagrou vencedor da prova, seguido por Danica e Kanaan. Franchitti terminou em oitavo e ficou com o título da temporada 2010 da Fórmula Indy. O escocês já havia sido campeão da categoria em 2007 e 2009.

Indy: Will Power erra e Dario Franchitti leva o título
Fonte: Redação Terra
publicidade