Ferrari confirma Fisichella como substituto de Massa

03 de setembro de 2009 • 11h09 • atualizado às 15h21
Fisichella conseguiu o segundo lugar no GP da Bélgica Foto: AFP
Fisichella conseguiu o segundo lugar no GP da Bélgica
30 de agosto de 2009
Foto: AFP

Pole position e segundo colocado do Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1, Giancarlo Fisichella foi recompensado nesta quinta-feira. Confirmando as especulações, a Ferrari confirmou que o piloto será emprestado pela Force India até o fim da temporada e substituirá Felipe Massa, herdando a vaga de Luca Badoer.

"Nós escolhemos Fisichella por nós esperarmos que ele dê uma valiosa contribuição nesta parte final da temporada. Giancarlo mostrou, ao longo de sua carreira, que é rápido e competitivo e estamos orgulhosos de ter um italiano como piloto na corrida em casa (GP da Itália, em Monza)", disse o chefe de equipe Stefano Demenicalli.

Questionado pela primeira vez sobre o assunto na última semana, Fisichella havia admitido que seria um "sonho" correr pela Ferrari, mas garantiu que o assunto não passava de um boato.

Isso foi ratificado pelo dono da Force Índia, Vijay Mallya, nesta quinta, quando ele contou que as negociações com o time de Maranello começaram apenas um dia antes, a partir do momento no qual ficou claro que Massa só poderia retornar às pistas em 2010.

"Para um italiano, um assento na Ferrari é um sonho de longa data, e Giancarlo não representa uma exceção", comunicou o milionário indiano. "Ninguém pode ser um obstáculo a isso, especialmente porque Giancarlo realizou uma contribuição vital à Force Índia".

Pelas próximas cinco corridas, portanto, Fisichella concretizará o que no início de sua carreira era dado como destino, visto que aparecia como a principal promessa do automobilismo da Itália já em 2000, campeonato em que somou três pódios na Fórmula 1 pela Jordan.

Aos 36 anos de idade, ele chegará para garantir à escuderia o terceiro lugar do Mundial de Construtores, que começava a ficar sob risco por causa da falta de pontos do testador Badoer.

A segunda vaga na Ferrari foi aberta após o acidente de Felipe Massa, na Hungria, e era ocupada pelo italiano Luca Badoer, piloto de testes da Ferrari, que largou e chegou em último nas últimas duas corridas.

Fisichella, 36 anos, tem três vitórias na F1 e seis pole positions. O italiano já passou pelas equipes Minardi, Benetton, Jordan, Sauber e Renault.

O favorito para assumir a vaga deixada por Fisichella na Force India é o italiano Vitantonio Liuzzi.

Com informações das agências Reuters e Gazeta Press.

Gazeta Esportiva
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »