Feliz, japonês comemora estreia e disputa com Button

20 de outubro de 2009 • 13h11 • atualizado às 13h23
Button e Kobayashi travaram disputa em Interlagos Foto: AFP
Button e Kobayashi travaram disputa em Interlagos
17 de outubro de 2009
Foto: AFP

Nono colocado logo no início do GP Brasil, Jenson Button foi ganhando terreno com rápidas ultrapassagens por Romain Grosjean e Kazuki Nakajima e esbarrou provisoriamente em um novato: Kamui Kobayashi. Bastante satisfeito pelo sufoco que deu ao campeão mundial, o japonês foi elogiado pelo colega e ganhou motivação para acreditar em uma vaga de titular na Fórmula 1.

Embora seja o piloto reserva da Toyota desde o fim de 2007, Kobayashi não tinha muita experiência com o novo carro da equipe por causa da limitação aos testes imposta no regulamento da categoria. Apesar disso e de não conhecer o circuito de Interlagos, o piloto de 23 anos se destacou e chegou a levantar a torcida brasileira, que vibrava com o homem que segurava o rival de Rubens Barrichello.

"Ele brigava pelo campeonato e eu estava cuidadoso porque não queria lhe causar um grande problema. Porém, ao mesmo tempo esta corrida era uma imensa oportunidade para mim, e briguei de forma dura pela posição", comentou o japonês. Na ocasião, o estreante defendeu sua sexta colocação por quase meia hora até ser finalmente ultrapassado - anteriormente, Button havia precisado de apenas uma volta para superar Grosjean e Nakajima.

Ao final, Kobayashi terminou em nono e por muito pouco não marcou pontos no Brasil, animando a Toyota. "O time me apoiou muito durante todo o fim e semana. Acho que eles ficaram felizes com meu resultado", disse o jovem. "Gostei muito da experiência e seria ótimo correr de novo na Fórmula 1, mas não sou eu que decido. Veremos o que vai acontecer, sempre estarei pronto para todas as ocasiões".

Gazeta Esportiva
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »