1 evento ao vivo

Alonso e McLaren serão centro das atenções nos testes em Jerez

30 jan 2015
10h47

O herói local Fernando Alonso será o centro das atenções quando começarem os testes da pré-temporada da Fórmula 1 no sul da Espanha, no domingo, mas o piloto da McLaren fez de tudo para diminuir as expectativas.

O espanhol alertou os fãs na apresentação da nova McLaren-Honda MP4-30, na quinta-feira, que certamente haverá problemas entre agora e o Grande Prêmio da Australia, a primeira prova da temporada, no dia 15 de março.

A McLaren inicia uma nova era com a Honda depois de duas décadas com a Mercedes, e muito do burburinho nos boxes em Jerez irá se concentrar no desempenho dos motores japoneses quando os novos carros forem para a pista.

“Nossa principal meta será aprender o máximo sobre o carro nos testes da pré-temporada, entender o conjunto e extrair o máximo possível de desempenho”, disse o bicampeão Alonso.

“Isso não será fácil ou livre de problemas, mas estamos preparados”, acrescentou o piloto que saiu da McLaren envolto em uma grande polêmica em 2007 e volta depois de cinco anos de frustrações constantes na Ferrari.

A McLaren experimentou o motor RA615H da Honda em novembro passado em um teste assolado por problemas técnicos.

“Não esperamos chegar a 100 voltad por dia. Haverá muita verificação de sistemas. Não esperem muito de nós tão cedo. Temos que saber quão confiável é o motor”, afirmou o colega de equipe do espanhol, Jenson Button.

Há quem suspeite que a McLaren pode ser mais competitiva do que parece.

“Acho que a Williams virá forte novamente, mas a grande dúvida é a McLaren com a Honda”, declarou o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, nesta semana.

“Obviamente eles têm potencial para se sair muito bem. Provavelmente são aqueles que todos irão observar para ver que passo deram e o que trazem de novo”.

Renault e Ferrari também procurarão indícios de que encurtaram sua distância da Mercedes, já que tiveram um desempenho inferior em seu primeiro ano com os motores V6 turbo híbridos.

O bicampeão Lewis Hamilton e Nico Rosberg, seu companheiro de time na Mercedes, irão retomar seu duelo pela liderança, mas haverá uma novidade: o tetracampeão Sebastian Vettel correndo na Ferrari.

O holandês Max Verstappen, de 17 anos, será o mais jovem piloto da modalidade quando estrear na Toro Rosso, assim como o novato espanhol Carlos Sainz, e o russo Daniil Kvyat começa sua trajetória na Red Bull.

A Lotus inicia uma nova parceria com a Mercedes.

Os boxes estarão mais vazios, já que só oito escuderias irão participar do primeiro dos três testes em Jerez.

Marussia e Caterham estão fora, salvo se receberem um socorro de última hora, e a Force India só dará as caras em Barcelona, quando dizem que seu novo carro estará pronto.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade