3 eventos ao vivo

Ano de 2010 será o da estreia na F1, afirma Bruno Senna

13 out 2009
21h03
atualizado às 22h25

Em negociação com as equipes da Fórmula 1 para integrar a categoria em 2010, o jovem piloto Bruno Senna demonstrou todo o seu otimismo nesta terça-feira, em evento na capital paulista. O sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna acredita que o ano que vem marcará sua estreia nas pistas e que deve anunciar o acerto com alguma das escuderias nos próximos meses.

"O ano de 2010 será o da estreia. Ainda estou em fase de negociações. Há uma pequena chance de eu acertar com uma das equipes atuais, mas a tendência maior é que eu acerte com um dos times novos", disse Bruno Senna, durante o lançamento do livro Ayrton Senna - Uma Lenda a Toda Velocidade, na noite desta terça-feira, em São Paulo.

Levando em conta as declarações do piloto, o destino de Senna deve ser Lotus, Campos, USF1 ou Manor, as quatro novas escuderias que alinharão no grid no ano que vem. No ano passado, Bruno chegou a testar pela Honda, mas com a venda para a Brawn GP, ele perdeu a vaga para Rubens Barrichello.

Apesar de ter sido preterido pelo compatriota, o sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna afirmou que torce por Barrichello nesta reta final de campeonato.

"A situação está difícil, mas ainda acredito. Nada é impossível", disse Bruno, em relação à diferença de 14 pontos que Barrichello terá de tirar de Jenson Button nas duas últimas etapas.

Felipe Massa era esperado no lançamento do livro, mas não apareceu. Seu pai, Titônio Massa, porém, marcou presença e afirmou que o filho tem aproveitado o tempo de recuperação para se divertir. "Tem sido como umas férias para ele. Ele está se divertindo", disse.

Bruno Senna demonstra confiança em negociações com equipes de Fórmula 1
Bruno Senna demonstra confiança em negociações com equipes de Fórmula 1
Foto: Reinaldo Marques / Terra
Fonte: Lancepress!
publicidade