0

Aos 70 anos, pai de Jenson Button é encontrado morto na França

13 jan 2014
13h58
atualizado às 14h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O pai do piloto Jenson Button, John, foi encontrado morto nesta segunda-feira, em sua casa na França. A informação foi divulgada pela imprensa britânica, que afirma que o ex-piloto de rali teria sido vítima de um ataque cardíaco.

<p>John Button tinha 70 anos; segundo imprensa inglesa, ele estava em casa, na França</p>
John Button tinha 70 anos; segundo imprensa inglesa, ele estava em casa, na França
Foto: Getty Images

John Button tinha 70 anos e era um personagem constantemente visto nos paddocks da Fórmula 1, tornando-se mais conhecido quando o filho conquistou o título da F1 em 2009. De acordo com o jornal Daily Mail, o pai de Jenson Button estava em casa na Riviera Francesa.

”Quero dizer que estou triste por saber do falecimento de John. Em minha longa carreira na Fórmula 1, encontrei muitos pais de pilotos, mas acho que posso dizer que John talvez fosse o mais dedicado ao filho que qualquer um deles”, afirmou Martin Whitmarsh, chefe de equipe da McLaren.

“Desde que Jenson era um menino correndo de kart, seu pai sempre esteve ao seu lado – ajudando, apoiando, achando dinheiro para a próxima corrida. À medida que Jenson cresceu e continuou a vencer, John estava sempre ali. Mesmo agora, nos últimos anos, nos quais Jenson se tornou um campeão mundial como ele é, o mais experiente piloto no grid, John seguia sendo um presente, leal, carinhoso, bondoso e popular membro da equipe de Jenson”, completou.

Nascido em Londres no dia 27 de julho de 1943, John Button foi vice-campeão britânico de rali em 1976. Ele deixa a ex-mulher, Simone Lyons (da qual se separou em 1987), e quatro filhos.

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://esportes.terra.com.br/infograficos/f1-2014/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://esportes.terra.com.br/infograficos/f1-2014/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;F1 2014&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade