3 eventos ao vivo

Após acidente grave, Bianchi é removido inconsciente para o hospital

5 out 2014
08h11
atualizado às 09h43

O Grande Prêmio do Japão, disputado na madrugada deste domingo, terminou de forma trágica. Após sofrer um acidente grave nas últimas voltas da corrida em Suzuka, o francês Jules Bianchi (Marussia), inconsciente, deixou o autódromo diretamente para o hospital.

Na 44ª volta, o alemão Adrian Sutil (Sauber) sofreu um acidente na curva 7 e saiu ileso. Momentos depois, Bianchi perdeu o controle de seu carro no mesmo local e colidiu com o guindaste que removia o veículo pilotado pelo germânico.

Após os acidentes, o carro de segurança entrou na pista, acompanhado pela unidade médica. A organização exibiu bandeira vermelha e, pouco depois, decidiu encerrar a corrida na 47ª das 53 voltas previstas. Como as condições climáticas não permitiam a decolagem do helicóptero, Bianchi foi removido de ambulância para o hospital.

"Eu sofri aquaplanagem na curva. A chuva aumentou e a visibilidade diminuiu. Uma volta depois, com bandeira amarela, o Jules veio e teve o mesmo problema. Foi mais ou menos uma batida igual, mas com resultados um pouco diferentes. (O guindaste) saiu para resgatar o meu carro e tudo aconteceu", descreveu Sutil.A vitória no Grande Prêmio do Japão ficou com o britânico Lewis Hamilton, seguido pelo alemão Nico Rosberg, seu companheiro na Mercedes. O também alemão Sebastian Vettel (Red Bull) completou o pódio. Cientes do acidente grave sofrido por Bianchi, os pilotos pouco comemoraram.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade