1 evento ao vivo

Brawn GP pode ter vantagem sobre rivais, diz Button

10 mar 2009
11h12
atualizado às 11h39

A Brawn GP pode estar à frente de seus adversários na Fórmula 1, apesar de ter sido a última equipe a confirmar participação na próxima temporada, de acordo com o piloto inglês Jenson Button.

» Barrichello pára na pista e é 2º
» Veja o calendário 2009 da F-1
» Confira as equipes e pilotos

O competidor, cujo sorriso disse tudo sobre seu sentimento após a surpreendente boa estreia do novo carro BGO001, na última segunda-feira, disse que a equipe ainda pode colher os frutos do trabalho feito no ano passado pela Honda, apesar de a montadora japonesa ter abandonado o esporte.

O ex-chefe da equipe Honda, Ross Brawn, comprou a equipe da montadora japonesa e anunciou na sexta-feira a permanência de Button e do brasileiro Rubens Barrichello para esta temporada.

A Honda, que anunciou em dezembro que estava colocando a equipe a venda, praticamente abriu mão do campeonato passado ainda durante a temporada devido aos maus resultados e voltou suas atenções para construir um carro bem melhor para 2009.

Este ano entram em vigor as mais significativas mudanças de regulamento em décadas, com exigências aerodinâmicas totalmente revisadas e o retorno dos pneus slick, além da introdução do sistema de recuperação de energia cinética (Kers, na sigla em inglês).

Enquanto McLaren e Ferrari tiveram de conciliar a disputa pelo título de 2008 com a produção do novo carro para este ano, a Honda pôde se concentrar basicamente no próximo campeonato.

"Começamos a desenvolver cedo o carro de 2009, o que talvez tenha dificultado um pouco as coisas para a gente, porque não esperávamos ter esse motor (Mercedes)", disse Button, que foi o quarto piloto mais rápido entre os 10 carros que treinaram em Barcelona.

"Em certas áreas você pode dizer que não somos tão bons como outras equipes, mas acho que produzimos um carro que é competitivo", afirmou Button. "O bom é ver todo mundo testando e saber que nós já testamos algumas partes do nosso carro. Isso acontece com várias partes que as outras equipes estão testando", disse.

O tempo de Button, assim como as 82 voltas que ele completou em seu primeiro dia de testes, foi surpreendente se comparado com o de rivais que estão na pista com seus novos carros desde o início do ano.

A McLaren, equipe do campeão mundial Lewis Hamilton e que conta com o mesmo motor Mercedes da Brawn GP, foi a mais lenta entre todas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade