4 eventos ao vivo

Caterham anuncia Kobayashi e Ericsson como dupla titular para 2014

21 jan 2014
10h12
atualizado às 13h06

Às vésperas do início dos primeiros testes de pré-temporada da Fórmula 1, a Caterham acabou com o mistério e anunciou a nova dupla de pilotos para 2014. Nesta terça-feira, a escuderia publicou um comunicado confirmando a contratação de Kamui Kobayashi e Marcus Ericsson. A escuderia também divulgou que Robin Frijns e Alexander Rossi serão os pilotos reservas.

A confirmação marca a volta de Kobayashi à Fórmula 1 após um ano competindo no Campeonato Mundial de Endurance. Enquanto isso, Ericsson fará sua estreia na principal categoria de automobilismo do mundo após quatro anos na GP2.

"Na F1, estou muito contente por termos sido capazes de trazer de volta Kamui. Ele é um piloto muito popular e é muito bom para toda a equipe que conseguimos atrair um motorista tão emocionante para se juntar a nós em um ponto crítico em nosso desenvolvimento. Seu ritmo fala por si só e sua extensa experiência no desenvolvimento de carros, especialmente em seus últimos anos com a Toyota, será extremamente importante para nós para passarmos por uma das temporadas mais difíceis da F-1", afirmou Cyril Abiteboul, chefe da equipe.

Com o acerto, Kobayashi comemorou seu retorno à categoria e comentou quais são suas expectativas para a temporada.

"É uma grande sensação de estar de volta como um piloto de F-1 corrida. Nós estivemos conversando com Cyril (Abiteboul) e Tony (Fernandes) desde o ano passado sobre um acerto para 2014 e, ao longo de todas as nossas discussões, eu fiquei muito impressionado com o local onde eles querem levar o time e quanto investimento já foi feito para ajudá-los a atingir seus objetivos. Vou fazer o meu melhor para liderar a equipe e trabalhar tão duro quanto possível para alcançar nossas metas", afirmou o nipônico, já ressaltando que a mudança no regulamente pode favorecê-lo.

"Eu visitei pela primeira vez a fábrica em Leafield pouco antes do Natal e é claro a vontade que toda a equipa está de ter progressos. No ano passado foi uma temporada difícil, mas as novas regras neste ano significam que todos na F-1 estão começando de novo e isso significa temos chances de melhorar. Pelo que tenho visto, a Caterham agora tem tudo no lugar para o progresso deste ano e para muito que está por vir", completou.

Enquanto isso, para Ericssen, o anúncio oficial que o torna um piloto da Fórmula 1 é a realização de um sonho. Apesar de estar prestes a iniciar um novo desafio, ele já guiou uma carro da categoria em 2009, representando a Brawn nos testes de jovens pilotos.

"Este é um dia de muito orgulho para mim e para todos aqueles que me ajudaram a tornar o meu sonho da F-1 se tornar realidade. Eu já estou animado com a próxima temporada e com a primeira corrida na Austrália, em particular", disse o jovem de 23 anos.

Assim como seu novo companheiro, o sueco também garantiu que estará muito próximo da equipe nas próximas semanas para aprender o máximo possível e chegar forte na estreia da temporada

"Depois de um bom descanso em casa durante o Natal, o trabalho já começou. Minha condição física sempre foi boa, mas eu tenho trabalhado ainda mais desde as discussões com Caterham começaram. Estarei na fábrica em Leafield o máximo que eu puder, antes e durante os testes na Espanha e no Bahrein para que eu possa desempenhar um papel ativo, para ajudar a entender o carro de 2014 e o que precisamos fazer para melhorar o seu desempenho. Nós temos uma grande tarefa diante de nós, mas é muito emocionante, e um tanto eu como a equipe estamos preparados", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade