0

Confirmado, Massa exalta "família" Ferrari: não me vejo com outro motor

16 out 2012
11h44
atualizado às 12h21

De contrato renovado com a Ferrari até o fim da temporada de 2013 da Fórmula 1, Felipe Massa rapidamente usou o Twitter para anunciar a novidade e se dizer "feliz e motivado como nunca". Em declarações publicadas pelo site oficial da equipe nesta terça-feira, o brasileiro ainda definiu a escuderia como uma "família" e afirmou que não se vê competindo com motores diferentes daqueles fabricados na sede de Maranello.

» Vettel lidera; confira classificação atualizada do Mundial
» Massa é 4º; veja resultado do GP da Coreia do Sul
» Com grid girls e famosas, veja 100 fotos de mulheres na F1

Massa, 31 anos, estreou na Fórmula 1 em 2002 pela Sauber e defendeu a equipe suíça ainda em 2004 e 2005 - período no qual o time sempre teve motores da Ferrari. Em 2006 o brasileiro deu o salto à escuderia italiana e substituiu o compatriota Rubens Barrichello como parceiro do alemão Michael Schumacher. Desde então nunca mais deixou o time italiano.

"A Ferrari é uma família esportiva e sempre corri na Fórmula 1 guiando com motores construídos em Maranello: não consigo me ver no volante de um monoposto com outros propulsores!", declarou Massa, cuja renovação de contrato foi anunciada nesta terça.

"Quero agradecer ao presidente (Luca di) Montezemolo e (ao chefe de equipe) Stefano Domenicali, que me deram confiança e sempre me apoiaram, mesmo nos momentos mais difíceis. Ambos, a equipe e todos os torcedores podem ter certeza de que farei tudo o que está nas minhas possibilidades para ajudar a escuderia a atingir os objetivos de cada ano", completou.

Na manhã desta terça, conforme define o site oficial da Ferrari, o paulista teve um "encontro afetuoso" com Di Montezemolo em Maranello e recebeu os "cumprimentos pelos ótimos desempenhos dos últimos tempos, sobretudos aqueles no Extremo Oriente".

Massa, que marcou 25 pontos nas 11 primeiras corridas de 2012, reagiu a partir do Grande Prêmio da Bélgica e é o segundo piloto da Fórmula 1 que mais pontuou depois das férias de agosto: soma 56 pontos nas últimas cinco corridas, contra 93 do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, 55 do britânico Jenson Button, da McLaren, e 45 de seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso.

Nono colocado do Mundial com 81 pontos, ele somou pontos nas últimas seis corridas e conseguiu bons resultados especialmente no GP do Japão (segundo colocado) e no GP da Coreia do Sul (quarto).

O site ferrarista informa ainda que o anúncio da renovação "deveria ser feito na próxima semana", mas acabou antecipado. "Um dos motivos", de acordo com a página, foi "colocar fim às especulações" sobre o futuro do piloto.

"Agora que o assunto Massa se esclareceu, talvez por alguns dias os boatos sobre os pilotos da Ferrari se aquietarão, mas esta é provavelmente uma falta esperança", escreve o site, lembrando que "a fábrica dos rumores está sempre aberta".

Após a definição do parceiro de Alonso em 2013, a escuderia aponta ainda que "cada gota de energia será concentrada na preparação das últimas quatro corridas deste incertíssimo Mundial de 2012". Analisando que "tudo é possível", a equipe pensa na conquista do Campeonato de Pilotos, no qual Alonso é o vice-líder com 209 pontos, contra 215 do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull. Massa ocupa o nono lugar da classificação, com 81 pontos.

No Mundial de Construtores, a Ferrari ocupa o segundo posto e ostenta 290 pontos, enquanto que a primeira colocada, a Red Bull, tem 367.

Ferrari confirmou renovação de Massa até 2013 após reunião nesta terça em Maranello
Ferrari confirmou renovação de Massa até 2013 após reunião nesta terça em Maranello
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
publicidade