5 eventos ao vivo

De olho na estreia, Bruno Senna comemora mudanças na F1

14 out 2009
14h00
atualizado às 16h02

Sobrinho do ídolo Ayrton Senna, Bruno Senna negocia sua entrada na Fórmula 1 em 2010. As equipes Campos e Manor, que estreiam na categoria no ano que vem, além da Force India, são as principais candidatas a abrigar o piloto, que vê as mudanças no regulamento como um fator favorável ao início de sua carreira na principal categoria do automobilismo mundial.

A partir da próxima temporada estará proibido o aquecimento dos pneus, atualmente feito através de mantas térmicas. Além disso, o reabastecimento também será banido. Desta forma, os carros serão obrigados a largar com maior quantidade de combustível e ficarão mais pesados, o que alterará bruscamente as especificações usadas atualmente.

"Se o campeonato está a mesma coisa ano após ano, é pior para os pilotos que estão entrando, pois eles vão ter que aprender tudo o que os outros caras já estão fazendo. Então, para mim as mudanças vão ser positivas", explicou Bruno.

A expectativa era de que ele anunciasse seu futuro durante o final de semana do GP do Brasil, mas isso não deve mais acontecer. "Só Deus sabe", disse o piloto, quando questionado a respeito de seu futuro. "É que fica ruim eu dizer que estou com os dois pés na Fórmula 1 e depois alguma coisa acontecer e eu não ir", afirmou.

Depois de ser vice-campeão da GP2 em 2008, Bruno Senna passou este ano treinando na Le Mans Series. "Foi diferente de tudo o que eu tinha feito no automobilismo. Aprendi coisas novas, mas a realidade é que a Fórmula 1 seria o melhor lugar para aprender sobre Fórmula 1", disse o jovem.

Medo

Mãe de Bruno, e irmã de Ayrton, Viviane Senna nunca escondeu o temor com a escolha do filho. Porém, assegura o piloto, o medo dela não aumentou após o grave acidente sofrido por Felipe Massa no GP da Hungria.

"Ela sabe que a probabilidade de essas coisas acontecerem é muito baixa. Correr é minha opção, o que eu decidi fazer da minha vida e ela respeita isso. O risco existe, mas minha mãe compreende".

Bruno Senna comemorou as mudanças no regulamento da F1 para 2010
Bruno Senna comemorou as mudanças no regulamento da F1 para 2010
Foto: Reinaldo Marques / Terra
Fonte: Gazeta Press
publicidade