3 eventos ao vivo

Ferrari desconversa sobre estratégia e cita "atalho" para Alonso

18 mar 2013
10h04
atualizado às 11h01
  • separator
  • 0
  • comentários

A Ferrari não se alongou nas explicações sobre a diferença na estratégia de Fernando Alonso e Felipe Massa durante o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1. Conforme publica nesta segunda-feira o jornal espanhol Marca, não está claro se a antecipação da segunda parada nos boxes de Alonso foi uma decisão da equipe ou do próprio piloto.

Na prova disputada no último domingo, Massa largou na quarta posição (Alonso largou em quinto) e permaneceu à frente do companheiro até a 20ª volta. Naquele momento, a segunda parada para troca dos pneus médios do espanhol foi antecipada. O brasileiro fez o pit stop três voltas depois e, quando retornou à pista, estava atrás do parceiro de escuderia.

Alonso, que com a manobra superou não só Massa mas também o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, classificou a decisão como “acertada”. O espanhol disse que “sentia que era mais rápido que meus rivais e adiantamos a parada”.

Segundo o jornal, o atual vice-campeão mundial evitou analisar a frustração do brasileiro, que ao fim da corrida afirmou que “não posso estar contente com a estratégia quando seu companheiro ganha duas posições e você as perde”.

Depois da prova, o chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, não esclareceu o assunto, dizendo que isso “não é um ponto importante” e que preferia “ficar com a boa corrida em conjunto”. Diante da insistência dos jornalistas nos questionamentos, Domenicali afirmou que “Alonso estava freado no tráfego e tinha que tomar um atalho”. Sobre se a decisão de antecipar a parada partiu da equipe ou do próprio espanhol, o italiano disse que “foi falado com o piloto”.

Nesta segunda-feira, a Ferrari publica em seu site oficial uma nota na qual analisa o GP da Austrália e define a abertura da temporada como positiva. Na prova, Alonso terminou na segunda posição, duas à frente de Massa.

“A estratégia de prova e o rendimento dos pneus foram decisivos. Sobre um traçado hostil como o de Melbourne, onde alguns episódios ligados ao tráfego influenciaram a corrida de Fernando e Felipe, a escolha de antecipar os pit stops e a opção pelas três paradas (nos boxes) foi a decisão correta, sobretudo para superar os veículos que iniciaram a prova fora do top 10, com os pneus mais duros”, avalia a equipe, sem entrar em detalhes sobre a diferença de três voltas entre as segundas paradas de seus pilotos.

O alemão Adrian Sutil largou no 11º lugar, com pneus médios, e era um desses pilotos que estava à frente da dupla da Ferrari. Após o pit stop, Alonso voltou à pista praticamente junto a Sutil e o ultrapassou já na primeira curva do Circuito de Albert Park. Massa, por sua vez, retornou dos boxes atrás do alemão e ficou preso, sem conseguir superar o representante da Force India.

Guia Fórmula 1
Guia Fórmula 1
Foto: AFP

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade