2 eventos ao vivo

Ferrari pode "bancar" ida de Raikkonen para a McLaren

6 nov 2009
08h50
atualizado às 09h13

A McLaren pode contar com uma grande "ajuda" da Ferrari para bancar o salário de Kimi Raikkonen caso acerte o retorno do finlandês, segundo notícia publicada pela revista alemã Auto Motor und Sport nesta sexta-feira.

A escuderia italiana seria obrigada por contrato a pagar 10 milhões de euros ao piloto se ele acertar com outra equipe. Desta forma, a McLaren ofereceu "apenas" mais 5 milhões a Raikkonen por considerar que 15 milhões é um salário suficiente.

A proposta, porém, não teria agradado ao finlandês, que, neste caso, ganharia mais se tirasse um "ano sabático" (a Ferrari se comprometeu a pagar 17 milhões de euros ao campeão do mundo de 2007 caso ele não corra em 2010).

Com isso, os empresários de Raikkonen já apresentaram uma contraproposta aos ingleses. Steve Robertson e seu irmão, David, pedem que a McLaren pague um salário integral ao finlandês, que já disse não ter pressa para definir seu futuro.

A Auto Motor und Sport ainda aponta Nick Heidfeld, que disputou a última temporada pela BMW, como o "plano B" da equipe. O alemão recentemente recebeu elogios públicos de Martin Whitmarsh, chefe da McLaren. "Até o momento, não acertei nada com nenhum time", despistou Heidfeld.

Raikkonen segue com futuro indefinido na F1
Raikkonen segue com futuro indefinido na F1
Foto: Reinaldo Marques / Terra
Fonte: Redação Terra
publicidade