2 eventos ao vivo

Frustrado, chefe da McLaren reclama de punição a Button

28 mar 2011
09h39
atualizado às 09h41

O chefe de equipe da McLaren, Martin Whitmarsh, disse que ficou "frustrado e irritado" com a punição imposta a Jenson Button pelos comissários do Grande Prêmio da Austrália, que abriu a temporada 2011 da Fórmula 1 no último domingo.

O inglês foi ultrapassado por Felipe Massa na largada e viu rapidamente os líderes da prova se afastarem. Mais rápido que o brasileiro, o campeão da temporada de 2009 pressionou o rival, mas só conseguiu ultrapassá-lo com uma manobra irregular, na 12° volta, que rendeu como punição um drive-through pelos boxes.

Para Whitmarsh, a McLaren foi "ignorada" pelos organizadores da prova, pois não obteve retorno apesar de ter perguntado como proceder antes do episódio, e poderia ter colocado os dois pilotos no pódio em Melbourne não fosse a punição.

Estima-se que Button perdeu 23 segundos por conta do drive-through. O experiente piloto, que largou em quarto, cruzou a linha de chegada apenas na sexta colocação. O companheiro de equipe Lewis Hamilton foi o segundo, atrás de Sebastian Vettel, da Red Bull.

Button teve trabalho para ultrapassar a Ferrari de Massa
Button teve trabalho para ultrapassar a Ferrari de Massa
Foto: AP
Fonte: Terra
publicidade