PUBLICIDADE

Galvão "estranha" ausência de Rubinho e ganha convite para a Indy

17 mar 2012 08h10
Publicidade

Rubens Barrichello e Galvão Bueno foram atrações a parte em meio ao treino de classificação para o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1. Enquanto o experiente locutor da Rede Globo fazia comentários positivos sobre o ex-piloto de Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Branw e Williams, Rubinho se divertia no Twitter.

» Faça um tour virtual pelo circuito do GP da Austrália
» Conheça todos os carros apresentados para a temporada

Logo no começo do treino deste sábado, o narrador declarou que era "até estranho" acompanhar a Fórmula 1 sem a presença de Rubens Barrichello. O piloto da KV Racing rapidamente recorreu ao Twitter e respondeu a Galvão, convidando-o para assistir também a etapa da Fórmula Indy em St. Petersburg no próximo fim de semana.

"Estou aqui assistindo. Valeu, Galvão, pelo carinho. E me assiste na semana que vem, hein?", publicou o piloto da KV Racing. Rapidamente, o narrador - que desejara sorte a Barrichello na Fórmula Indy sem mencionar o nome da categoria - mencionou a resposta durante sua transmissão.

Em meio à interação com seus seguidores, Rubinho admitiu, em inglês, estranhar a sensação de acompanhar a F1 à distância após 19 anos. "Obrigado pelo apoio. Sinto-me estranho, sim, mas estou aqui torcendo pelos 'brazucas'", postou. Mais tarde, fez diversas análises a respeito dos pilotos em ação no Circuito de Albert Park.

"A capacidade do Vettel de sair de uma rodada para um tempo bom logo em seguida é impressionante", elogiou o brasileiro, sobre o alemão da Red Bull. "A surpresa do ano será o Grosjean, na minha opinião. Tem muito a aprender, mas ele é bem rápido", completou, antes que o francês da Lotus conseguisse o terceiro lugar no grid.

Respondendo a diversos fãs no Twitter, conversou com nomes como Tony Kanaan e Hélio Castroneves, além de elogiar o desempenho de Nico Rosberg e Michael Schumacher. "O Top 10 agora mostra quem fez bem de verdade sua lição de casa. Parece que a maior evolução veio da Mercedes", disse, em inglês.

Por fim, Rubens Barrichello elogiou a McLaren, que fez a primeira fila, e seu ex-companheiro de Williams, Pastor Maldonado, oitavo. "Nos testes, a McLaren quase não apareceu. Time bom e forte, andaram com gasolina o tempo todo", analisou, antes do destaque ao venezuelano. "Muito rápido como sempre... Grande @Pastormaldo", completou, em espanhol.

No Twitter, Barrichello conversou com narrador e elogiou diversos pilotos da F1
No Twitter, Barrichello conversou com narrador e elogiou diversos pilotos da F1
Foto: Twitter / Reprodução
Fonte: Terra
Publicidade