0

Hamilton domina, vence fácil GP da Itália e vira vice-líder; Massa é 4º

9 set 2012
10h27
atualizado às 15h32

Liderando de ponta a ponta, o britânico Lewis Hamilton venceu e frustou a torcida italiana que esperava uma vitória ferrarista no Grande Prêmio da Itália, disputado em Monza, na manhã deste domingo, assumindo a vice-liderança do Mundial de Pilotos, com 142 pontos. Sergio Perez, da Sauber, foi o segundo colocado, seguido por Fernando Alonso, da Ferrari. Felipe Massa foi o quarto colocado, enquanto Bruno Senna foi o 10º.

» Confira o resultado final do Grande Prêmio da Itália
» Com vitória em Monza, Hamilton assume vice-liderança; veja classificação

Na largada, Massa foi agressivo e passou Jenson Button para assumir a segunda colocação. O piloto da Ferrari chegou a atacar Hamilton na primeira volta pela liderança, mas sem sucesso. Bruno Senna também teve uma ótima largada, saltando de 13º para a décima colocação.

Apenas décimo no grid, devido a problemas no Q3 no último sábado, o espanhol Fernando Alonso mostrou que não estava disposto a ver os rivais se aproximarem na disputa no Mundial de Pilotos. O piloto já era o sexto colocado no final da segunda volta.

E foi exatamente com um rival direto para o título, Sebastian Vettel, da Red Bull, que ocorreu a disputa mais polêmica de Alonso. O alemão jogou o Alonso para fora da pista na 26ª volta, gerando muitos protestos do espanhol. Vettel posteriormente foi punido com um drive through.

Enquanto Hamilton sobrava na primeira colocação, Massa e Button duelavam pela segunda posição. O britânico chegou a recuperar sua posição inicial do grid na 19ª volta, e parecia que não seria mais ultrapassado. Mas um problema no sistema de alimentação de combustível obrigou o piloto da McLaren a abandonar a prova 34ª volta.

A vice-liderança do brasileiro não durou muito, já que ele deu passagem para companheiro de Ferrari na 40ª volta. Massa ainda tinha o pódio ameaçado por Sergio Perez, da Sauber, quarto colocado e com um ritmo muito mais rápido do que os pilotos da Ferrari.

O mexicano assumiu a terceira posição sem dificuldades na 44ª volta, e com um ritmo muito forte, já visava a vice-liderança de Fernando Alonso. O ritmo de Perez era tão forte que não houve dificuldade para assumir a segunda colocação na 46ª volta. Mas não houve tempo para o piloto da Sauber buscar a liderança.

Apesar disso, houve pouca lamentação de Alonso, já que Vettel abandonou a prova uma volta depois, terminando de forma deprimente em um fraco final de semana na Itália.

Com a vitória, sua terceira na temporada, Lewis Hamilton assume a vice-liderança do Mundial, com 142 pontos conquistados. O britânico está a 37 pontos atrás de Alonso, líder da competição. O finlandês Kimi Raikkonen, quinto colocado em Monza, subiu para a terceira posição na classificação, beneficiado com as quebras dos dois carros da Red Bull, de Sebastian Vettel e Mark Webber.

Confira a classificação do Grande Prêmio da Itália

1º) Lewis Hamilton (GBR) - McLaren-Mercedes - 53 voltas
2º) Sergio Perez (MEX) - Sauber-Ferrari - a 4s3
3º) Fernando Alonso (ESP) - Ferrari - a 20s5
4º) Felipe Massa (BRA) - Ferrari - a 29s6
5º) Kimi Raikkonen (FIN) - Lotus-Renault - a 30s8
6º) Michael Schumacher (ALE) - Mercedes - a 31s2
7º) Nico Rosberg (ALE) - Mercedes - a 33s5
8º) Paul di Resta (GBR) - Force India- Mercedes - a 41s0
9º) Kamui Kobayashi (JAP) - Sauber-Ferrari - a 43s8
10º) Bruno Senna (BRA) - Williams-Renault - a 48s1
11º) Pastor Maldonado (VEN) - Williams-Renault - a 48s6
12º) Daniel Ricciardo (AUS) - Toro Rosso-Ferrari - a 50s3
13º) Jerome D'Ambrosio (BEL) - Lotus-Renault - a 1m15s8
14º) Heikki Kovalainen (FIN) - Caterham-Renault - a 1 volta
15º) Vitaly Petrov (RUS) - Caterham-Renault - a 1 volta
16º) Charles Pic (FRA) - Marussia-Cosworth - a 1 volta
17º) Timo Glock (ALE) - Marussia-Cosworth - a 1 volta
18º) Pedro de la Rosa (ESP) - HRT-Cosworth - a 1 volta
19º) Narain Karthikeyan (IND) - HRT-Cosworth - a 1 volta

Abandonaram

Mark Webber (AUS) - Red Bull-Renault - a 2 voltas
Nico Hulkenberg (ALE) - Force India-Mercedes - a 3 voltas
Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull-Renault - a 6 voltas
Jenson Button (GBR) - McLaren-Mercedes - a 21 voltas
Jean-Éric Vergne (FRA) - Toro Rosso-Ferrari - a 45 voltas

Lewis Hamilton não dá chance para rivais e vence em Monza
Lewis Hamilton não dá chance para rivais e vence em Monza
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade