1 evento ao vivo

Hamilton pensou em parar de correr por 1 ano, diz chefe da F1

20 mar 2013
12h15
atualizado às 12h15
  • separator
  • 0
  • comentários

De acordo com o britânico Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1, Lewis Hamilton poderia ter parado de correr por um ano, ausentando-se da temporada 2013 da categoria. Segundo o dirigente, considerado uma espécie de confidente do piloto que é seu compatriota, Hamilton preferiria tomar um ano sabático a competir por mais um campeonato na McLaren.

Ecclestone é amigo e bastante próximo a Hamilton
Ecclestone é amigo e bastante próximo a Hamilton
Foto: Getty Images

Ao final, Hamilton, 28 anos, deixou a escuderia com a qual estava ligado desde a adolescência e se transferiu à Mercedes.

O campeão mundial de 2008 estreou pelo novo time no último fim de semana, quando foi o quinto colocado do Grande Prêmio da Austrália, em Melbourne.

Conforme lembrou Ecclestone, Ron Dennis, ex-chefe de equipe e atual presidente do McLaren Group, afirmou que poderia ter mantido Hamilton caso assim o quisesse.

O chefe comercial da F1, por outro lado, disse que o piloto lhe contou que teria preferido parar de correr por um ano em vez de seguir na escuderia.

Ecclestone disse não saber por que a relação entre McLaren e Hamilton chegou a esse ponto.

O dirigente afirmou que o piloto não trocou de equipe por dinheiro – “ele simplesmente queria uma mudança”. As declarações foram concedidas à revista AutoWeek.

Hamilton, que compete pela segunda vez pela Mercedes no próximo fim de semana, no GP da Malásia, em Sepang, sempre defendeu que, apesar da transferência, o relacionamento com Dennis seguia bom.

O atual chefe de equipe da McLaren é o britânico Martin Whitmarsh. Os pilotos são o britânico Jenson Button e o mexicano Sergio Pérez.

Guia Fórmula 1
Guia Fórmula 1
Foto: AFP

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade