1 evento ao vivo

Hamilton supera Grosjean no fim e lidera 3º treino; Vettel roda

17 mar 2012
01h04
atualizado às 02h10

O britânico Lewis Hamilton conquistou neste sábado o melhor tempo do terceiro treino livre para o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1. Em uma sessão de 60 minutos que foi dominada por pilotos de Mercedes e McLaren, o campeão mundial de 2008 marcou 1min25s681 com sua McLaren e encabeçou a classificação com a volta mais rápida de todo o fim de semana até então.

» Faça um tour virtual pelo circuito do GP da Austrália
» Conheça todos os carros apresentados para a temporada

Com sua volta no minuto final, Hamilton tomou o primeiro lugar do então líder, o francês Romain Grosjean - o surpreendente piloto da Lotus foi segundo com a marca de 1min25s758. Mark Webber (Red Bull), em boa apresentação, foi o terceiro, seguido de Jenson Button (McLaren), Nico Rosberg (Mercedes) e Michael Schumacher (Mercedes).

A decepção do treino ficou por conta do alemão Sebastian Vettel, que errou a 14 minutos do fim da sessão - a exemplo do que aconteceu com Massa no primeiro treino livre da sexta-feira - e abandonou após atolar na brita. Até então, o bicampeão mundial da Red Bull era somente o terceiro colocado, com a marca de 1min26s211, mas terminou em sétimo. Detalhe: a cinco minutos do fim, o também alemão Michael Schumacher parou sua Mercedes na brita e também deu fim à sessão quando já era sexto.

Os brasileiros também tiveram desempenho discreto, com Bruno Senna (Williams) em 15º e Felipe Massa (Ferrari) em 18º. O espanhol Fernando Alonso, também da Ferrari, foi o 16º colocado, em dia ruim da equipe italiana. Paul di Resta, da Force India, foi o 17º colocado.

Os pilotos voltam à pista neste sábado, às 3h (horário de Brasília), para o treino de classificação. A definição do grid de largada para o GP da Austrália tem acompanhamento minuto a minuto do Terra.

O treino

Logo nos primeiros minutos do treino, Nico Rosberg mostrou que a Mercedes era candidata aos primeiros lugares e marcou 1min26s982, tempo mais rápido do fim de semana até então - Jenson Button havia liderado o primeiro treino livre com 1min27s805. Na sequência, nomes como Romais Grosjean (Lotus), Sérgio Perez (Sauber) e Paul di Resta (Force India) tentaram bater o tempo, sem sucesso.

O primeiro a superar Rosberg foi Lewis Hamilton, da McLaren, que marcou 1min26s620 com 17 minutos de treino. Logo na sequência, Jenson Button colocou mais uma McLaren no segundo lugar, com 1min26s801 em sua volta. Mas o alemão Michael Schumacher, que já liderara o segundo treino livre na véspera, recolocou a Mercedes no topo ao registrar 1min26s234 em sua volta lançada.

O japonês Kamui Kobayashi, destaque do primeiro dia de treinos, assustou ao passar reto em uma curva, mas sem prejuízos para sua Sauber. Mark Webber bem que tentou colocar a Red Bull no topo, mas sua melhora volta rápida nos primeiros minutos foi de 1min26s996, o que lhe deu apenas no quinto lugar. E para melhorar as coisas na Mercedes, Rosberg andou abaixo de 1min26s, marcando 1min25s929 e voltando ao primeiro lugar com 23 minutos de treino. Aos 25 minutos, Bruno Senna perdeu o controle de sua Williams no final da volta e rodou, mas conseguiu controlar o carro e foi para os boxes.

Sebastian Vettel conseguiu um discreto quarto tempo, colocando Button em quinto. No topo, o bom tempo de Rosberg dificultava o trabalho para a concorrência. Nas posições mais abaixo, já a 15 minutos do fim da sessão, Bruno Senna era apenas o 12º, enquanto Felipe Massa era o 20º. Vettel, por sua vez só consegui subir para terceiro lugar com o tempo de 1min26s211 - mas tocou a grama em uma curva, rodou e foi encerrar seu treino na caixa de brita, a exemplo do que fez Massa na véspera.

Massa, por sua vez, aqueceu seus pneus macios e fechou sua volta em 1min28s131 (17º tempo) nos dez minutos finais. Pouco depois, o francês Romain Grosjean surpreendeu com a Lotus e marcou 1min25s758, assumindo o primeiro lugar - Lewis Hamilton era o segundo colocado. Mark Webber ameaçou a liderança, mas foi apenas terceiro. E a cinco minutos do fim, Michael Schumacher também rodou, abandonando.

Webber, de novo, ameaçou no fim, mas 1min25s978 deixou o australiano apenas no terceiro lugar. Mas no minuto final, Hamilton fez sua volta em 1min25s681 e reassumiu o primeiro lugar do treino - agora, para não perder mais.

Confira o resultado oficial do 3º treino livre na Austrália:

1. Lewis Hamilton (GBR/McLaren Mercedes): 1min25s681
2. Romain Grosjean (FRA/Lotus Renault): 1min25s758
3. Mark Webber (AUS/Red Bull Renault): 1min25s900
4. Jenson Button (GBR/McLaren Mercedes): 1min25s906
5. Nico Rosberg (ALE/Mercedes): 1min25s929
6. Michael Schumacher (ALE/Mercedes): 1min26s078
7. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull Renault): 1min26s211
8. Pastor Maldonado (VEN/Williams Renault): 1min26s470
9. Sergio Perez (MEX/Sauber Ferrari): 1min26s632
10. Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso Ferrari): 1min26s723
11. Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso Ferrari): 1min26s733
12. Kimi Räikkönen (FIN/Lotus Renault): 1min26s737
13. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber Ferrari): 1min26s755
14. Nico Hulkenberg (ALE/Force India Mercedes): 1min27s029
15. Bruno Senna (BRA/Williams Renault): 1min27s119
16. Fernando Alonso (ESP/Ferrari): 1min27s323
17. Paul di Resta (GBR/Force India Mercedes): 1min27s428
18. Felipe Massa (BRA/Ferrari): 1min28s023
19. Heikki Kovalainen (FIN/Caterham Renault): 1min28s341
20. Vitaly Petrov (RUS/Caterham Renault): 1min28s702
21. Timo Glock (ALE/Marussia Cosworth): 1min30s728
22. Charles Pic (FRA/Marussia Cosworth): 1min31s225
23. Pedro de la Rosa (ESP/HRT Cosworth): 1min33s114
24. Narain Karthikeyan (IND/HRT Cosworth): 1min33s261

Info F1 - carros
Info F1 - carros
Foto: AFP
Fonte: Terra
publicidade