4 eventos ao vivo

Horner espera que características do GP da Malásia favoreçam Red Bull

19 mar 2012
12h30

Após o bicampeonato do alemão Sebastian Vettel, a Red Bull iniciou o Mundial 2012 com amplo favoritismo. Superada pela McLaren do inglês Jenson Button no GP da Austrália, prova que abriu o campeonato no domingo, a equipe dirigida por Christian Horner espera ser favorecida pelo circuito de Sepang, na Malásia, no próximo domingo.

» Faça um tour virtual pelo circuito do GP da Austrália
» Conheça todos os carros apresentados para a temporada

"Acho que a Malásia tem uma perspectiva diferente. Aqui as curvas são curtas, a pista é ondulada e não há muitas curvas de alta velocidade. Mas a Malásia oferece essa variação, então acho que será interessante. A McLaren também deve estar mais rápida, mas espero que estejamos melhores lá do que estivemos na qualificação aqui¿, disse Horner.

A McLaren e a Red Bull monopolizaram as quatro primeiras colocações do GP da Austrália. O pódio foi formado por Jenson Button ao lado de Sebastian Vettel e do inglês Lewis Hamilton, enquanto o australiano Mark Webber ficou na quarta colocação. Nas próximas etapas, Horner prevê uma alternância entre as duas equipes.

"Vimos isso no ano passado a cada final de semana, com alguns circuitos favorecendo diferentes carros, com diferentes características. A McLaren sempre foi bem aqui. Se você lembrar, o Lewis preocupou o Seb (Vettel) na maior parte da corrida do ano passado", declarou Horner, que vê um extremo equilíbrio.

"Acho que há circuitos que vão afetar a performance, mas os times estão muito próximos neste momento. Como sempre, haverá uma corrida de desenvolvendo daqui até o final da temporada. Quem tirar a melhor performance do carro mais rápido vai se beneficiar disso", afirmou.

De acordo com Christian Horner, Sebastian Vettel e Mark Webber não exploraram o máximo do potencial oferecido pelo novo carro durante o GP da Austrália, o que, pelo menos na teórica, deixa espaço para a equipe austríaca alcançar a McLaren nas próximas etapas.

"Pelos testes da pré-temporada, sabíamos que a McLaren seria competitiva e vimos isso neste final de semana. Mas nosso ritmo de corrida foi parecido ao deles e nossos pilotos não ficaram totalmente satisfeitos com seus carros. Sabemos que precisamos melhorar, temos várias coisas em mente e levamos coisas positivas desse final de semana", encerrou.

Info F1 - carros
Info F1 - carros
Foto: AFP
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade