3 eventos ao vivo

Maldonado evita polêmica com Chilton e lamenta acidente em Mônaco

26 mai 2013
13h48
atualizado às 14h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O venezuelano Pastor Maldonado protagonizou neste domingo o principal acidente do fim de semana do Grande Prêmio de Mônaco. Tocado pela Marussia de Max Chilton na 46ª volta da prova, Maldonado abandonou a corrida prematuramente ao se chocar com violência contra uma barreira de pneus na Curva da Tabacaria. E apesar do susto, o piloto da Williams adotou uma postura formal e evitou criticar o rival, preferindo lamentar o abandono.

Maldonado foi retirado do carro por paramédicos após acidente, mas não se feriu
Maldonado foi retirado do carro por paramédicos após acidente, mas não se feriu
Foto: Reuters

“Foi um acidente infeliz com o carro da Marussia, e o impacto foi bem grande. Felizmente, os comissários agiram imediatamente e estou bem”, disse o venezuelano, em comunicado oficial da equipe. “Precisamos seguir adiante após um fim de semana decepcionante. Estou ansioso pela próxima corrida no Canadá, onde continuaremos a demonstrar o desenvolvimento deste carro”, completou.

À versão online da revista Autosport, o venezuelano disse que o acidente foi "assustador", e que não esperava que o britânico da Marussia entrasse em sua trajetória. 

O tom formal foi adotado também por Mike Coughlan, diretor técnico da escuderia. O dirigente lembrou o primeiro acidente sofrido pelo venezuelano, tocado pelos dois carros da Caterham na primeira volta, e admitiu que os acidentes que envolveram o piloto acabaram estragando a estratégia da equipe.

“Planejávamos fazer uma estratégia de uma parada para cada carro, mas Pastor sofreu um toque na primeira volta, então tivemos que fazer uma parada sem planejamento para trocar a asa dianteira. Pastor pilotou bem, administrando os pneus depois do primeiro safety car (após o acidente de Felipe Massa na volta 30), mas veio o grande acidente, que causou uma bandeira vermelha depois que uma Marussia bateu com ele na volta 46. Pastor escapou ileso, mas está decepcionado com o fim prematuro de sua corrida”, comentou.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade