1 evento ao vivo

Massa admite erro no Q3, mas aprova sexto lugar no grid

27 out 2012
10h29
atualizado às 11h56

O piloto brasileiro Felipe Massa ficou com a sexta colocação do grid de largada do Grande Prêmio da Índia de Fórmula 1, mas admitiu que poderia começar a prova mais à frente se não tivesse cometido um erro na melhor volta no treino classificatório. Mesmo assim, o ferrarista aprovou o desempenho neste sábado.

» De "reta curva" a sabão no banheiro; veja gafes de Galvão na F1

Massa andou em Greater Noida a 1min25s857, apenas 0s084 mais lento do que o espanhol Fernando Alonso, seu companheiro de equipe e quinto colocado. A pole foi do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, com a marca de 1min25s283.

"Estou razoavelmente satisfeito com o sexto lugar, mesmo que talvez, sem um erro na curva 6 em minha volta no Q3, poderia começar um pouco mais na frente. No treino, a Red Bull é mais rápida, a McLaren está um pouco na frente e aí somos nós", disse Massa. "Nas corridas a história é um pouco diferente", completou, lembrando o bom ritmo da Ferrari com o carro com tanque cheio.

O GP da Índia é o segundo consecutivo em que Massa começa na sexta posição. Na etapa anterior do Mundial, na Coreia do Sul, ele fez boa prova e acabou com o quarto posto. O brasileiro era um dos mais rápidos da pista, mas respeitou ordens da Ferrari para não ultrapassar Fernando Alonso, que ainda briga pelo título do Mundial com Sebastian Vettel.

"Há muitos pontos importantes para amanhã: a largada, a estratégia, os pneus e não cometer erros. Precisaremos estar muito focados porque será uma corrida muito longa", concluiu.

Massa ficou satisfeito com sexto lugar no grid e admitiu superioridade da Red Bull
Massa ficou satisfeito com sexto lugar no grid e admitiu superioridade da Red Bull
Foto: Reuters
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade