0

McLaren volta a sofrer problemas nos testes da F1

19 fev 2015
14h41

A McLaren voltou a sofrer problemas nos testes da Fórmula 1 após Jerez, desta vez em Barcelona, nesta quinta-feira, com Jenson Button completando somente 21 voltas no circuito de Catalunha.

Piloto da McLaren Fernando Alonso no circuito de Jerez durante testes da pré-temporada da F1. 03/02/2015
Piloto da McLaren Fernando Alonso no circuito de Jerez durante testes da pré-temporada da F1. 03/02/2015
Foto: Marcelo del Pozo / Reuters

A equipe disse que uma falha na vedação da unidade de recuperação de energia do carro MGU-K causou o problema, que exigiu a troca da unidade de energia, provocando um fim precoce ao primeiro dia do segundo teste da F1 na Espanha.

Apesar de a equipe esperar por "um dia produtivo de corrida" com o espanhol Fernando Alonso agora adequado ao carro, o funcionário da Honda Yasuhisa Arai foi menos positivo.

"Nós precisamos testar um componente refeito para evitar que esse problema se repetia", disse a repórteres.

"Infelizmente, nós não vamos estar com essa parte atualizada até domingo, o que significa que talvez enfrentemos o mesmo problema quando corrermos de novo amanhã", completou.

As 21 voltas de Button antes do almoço levaram a pré-temporada inteira da McLaren a exatamente 100 voltas em cinco dias até agora - longe das 157 que Nico Rosberg fez em apenas um dia em Jerez com a atual campeã Mercedes.

Alonso e Button completaram apenas seis voltas cada nos primeiros dias em Jerez. O espanhol depois fez 32 voltas no terceiro dia, e o britânico 35 no quarto dia.

McLaren e Honda estão renovando a parceria que conquistou diversos títulos quando estiveram juntos pela última vez, entre 1988 e 1992.

A equipe inglesa não ganha uma corrida desde 2012 e terminou em quinto lugar no último ano. Eles conseguiram, no entanto, um novo começo com o bicampeão mundial Alonso, que veio da Ferrari.

"Você não espera chegar ao topo da montanha no dia que começa a escalar. Isso demora e você também precisa se preparar bem", disse o chefe do grupo, Ron Dennis, na última semana.

A temporada da F1 começa na Austrália, no dia 15 de março.

(Reportagem de Alan Baldwin, em Londres)

compartilhe

publicidade
publicidade