0

Os freios se despediram de mim, brinca Vettel

9 mai 2010
11h47
atualizado às 11h59

Sebastian Vettel largou na segunda posição do Grande Prêmio da Espanha e chegou a sonhar com a vitória na largada ao ameaçar Mark Webber. Depois disso, viveu uma série de problemas, especialmente no freio de sua Red Bull, fazendo com que a terceira posição ao final fosse motivo de comemoração.

Devido aos problemas de freio, Vettel chegou a escapar da pista na 34ª volta, embora tenha conseguido retornar. Como precaução, ele parou logo em seguida para trocar os pneus, buscando ganhar aderência, o que o fez ser ultrapassado por Fernando Alonso na 34ª volta.

"Muitas coisas aconteceram de forma errada", disse o alemão, na entrevista oficial da Fórmula 1 logo após a corrida. "Acho que os freios do carro do lado esquerdo simplesmente se despediram de mim. Nesse ponto de vista foi horrível".

Antes de perder a posição para Alonso, Vettel já havia sido superado também por Lewis Hamilton na 17ª volta. "Tivemos uma dificuldade de equilíbrio no carro, o que fez com que tivéssemos que ficar um tempo a mais nos boxes", afirmou o piloto da Red Bull, lembrando que o inglês foi beneficiado pela velocidade no pit stop da McLaren.

Na antepenúltima volta, porém, Hamilton viu o pneu dianteiro esquerdo de seu carro estourar, o que deu um pódio a Vettel que já não era mais esperado. "É muito bom pontuar. Eu e o Mark tínhamos 50% de chances de vencer, e ele foi muito bem hoje (domingo)", resumiu o jovem, que com 60 pontos é o terceiro colocado do Mundial, a dez do líder Jenson Button.

Com uma série de problemas, terceiro lugar ficou de bom tamanho para Vettel (atrás)
Com uma série de problemas, terceiro lugar ficou de bom tamanho para Vettel (atrás)
Foto: EFE
Fonte: Redação Terra
publicidade