0

Para renovar, McLaren pode reduzir salário de Hamilton em R$ 16 mi

22 set 2012
10h07
atualizado às 10h25

Último piloto campeão mundial pela McLaren, o britânico Lewis Hamilton tem sua permanência na equipe inglesa cada mais dia mais difícil. Seduzido por boas propostas da equipe alemã Mercedes, Hamilton, que tem seu contrato encerrado neste ano, deve perder R$ 16 milhões - cerca de um terço de seu atual salário - caso escolha continuar na McLaren para a próxima temporada.

» De demissão a surras de Alonso, veja os 10 piores momentos de Massa
» Hamilton na Mercedes e adeus de Schumacher? Veja mercado da F1

Segundo o jornal inglês Daily Mail, o diretor executivo da equipe McLaren, Martin Whitmarsh, finalmente admitiu que há a tentativa de renovação de contrato com Hamilton. No entanto, a proposta oferecida pela equipe conta com uma redução de R$ 16 milhões dos R$ 49 milhões que o britânico recebe atualmente por ano. Dessa forma, caso renove com a McLaren, o campeão mundial de 2008, que deseja ganhar R$ 77 mi, sairá com um "prejuízo" de um terço de seu salário e passará a faturar R$ 33 milhões anuais.

"É óbvio que ele quer ganhar mais e que nós queremos pagar menos. Isso é negócio", disse Whitmarsh, que ainda afirmou ser natural que as negociações com Hamilton estejam durando tanto tempo. Para ele, o piloto está em um momento em que tem que escolher suas prioridades.

Enquanto a McLaren bate o pé para uma renovação com redução salarial, a equipe Mercedes acena com uma proposta de R$ 65 milhões anuais para Hamilton, que, embora se tornasse companheiro de Schumacher, seria o piloto número um do time alemão.

Atual companheiro de equipe do britânico, Jenson Button, que não mantém boas relações com seu compatriota, chegou a elogiar Paul di Resta e Sergio Pérez, prováveis substitutos de Hamilton em caso de uma não renovação: "Muito talentosos".

Além de Pérez e Di Resta, o finlandês Heikki Kovalainen, que já correu em Working e está atualmente na Caterham, seria um dos cotados para assumir o lugar do britânico.

O piloto campeão mundial em 2008 pode estar de saída para a Mercedes
O piloto campeão mundial em 2008 pode estar de saída para a Mercedes
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
publicidade