0

"Me mandaram deixar a prova", afirma Vettel, terceiro colocado

10 mai 2010
17h20
atualizado às 17h32

Uma das sensações da atual temporada da Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel revelou nesta segunda-feira uma ordem da sua equipe para que ele abandonasse a corrida durante o Grande Prêmio da Espanha, ocorrido neste domingo, em Barcelona. Vettel desobedeceu, permaneceu na pista e chegou em terceiro lugar, indo para 60 pontos, dez a menos que o líder Jenson Button e a sete do segundo, Fernando Alonso.

O alemão de 24 anos largou em segundo, atrás do companheiro de equipe Mark Webber - que liderou de ponta a ponta sem ser incomodado em momento algum. A 15 voltas do fim, Sebastian teve problemas com os freios, que poderiam falhar caso ele atingisse uma velocidade muito alta e fossem exigidos em demasia.

Sabendo da condição de seu piloto principal, a equipe ordenou que ele fosse para os boxes para uma vistoria. Os mecânicos recomendaram que o piloto deixasse a corrida, mas o alemão resolveu assumir o risco e ficou na prova, conquistando o terceiro lugar.

"Quando eu voltei ao circuito, a equipe disse pelo rádio que eu deveria deixar a pista. Comentaram que o risco era muito grande por conta do péssimo estado dos discos de freios", disse Vettel, que explicou a decisão de ignorar a ordem dos mecânicos.

"Eu perguntei a eles se era realmente necessário abandonar ou se eu poderia seguir pilotando mais lentamente e tentar conseguir alguns pontos. Não obtive resposta", contou. "Depois, quando estava terminando aquela volta, eles responderam: Continue, mas vá com cuidado", afirmou. "Me lembravam a todo o tempo para dirigir mais devagar", comentou Vettel, terceiro colocado na prova e no campeonato.

Vettel (à direita) comemora a terceira posição com champagne
Vettel (à direita) comemora a terceira posição com champagne
Foto: AP
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade